Trabalhos apresentados na V MPU
Seminário de Extensão

Autores: LARISSA ZEPKA BAUMGARTEN
Apresentador (a):LARISSA ZEPKA BAUMGARTEN
Orientador (a): MARLENE TEDA PELZER
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: A SOBRECARGA VIVENCIADA PELOS CUIDADORES DE IDOSOS COM DOENÇA DE ALZHEIMER SEGUNDO MEMBROS DO ORKUT
Resumo: Este estudo objetivou analisar a sobrecarga vivenciada pelos cuidadores familiares de idosos com doença de Alzheimer (DA), refletindo acerca das possibilidades em realizar intervenções que vislumbrem a promoção do seu bem-estar e da sua saúde. Pesquisa qualitativa, realizada num período de três meses, a partir de informações retiradas da literatura e de um questionário constituído por quatro perguntas, enviado aos 455 membros da comunidade “MAL DE ALZHEIMER - cuidadores”, do ORKUT - rede virtual de relacionamentos. Buscou-se dados sobre as modificações ocorridas na vida do cuidador desde o surgimento da DA no idoso, suas perspectivas em relação ao futuro, atividades de lazer e dificuldades relacionadas ao processo de cuidar. A análise permitiu concluir que: as dúvidas e incertezas com o futuro, a grande responsabilidade, a inversão de papéis, onde os filhos passam a se encarregar dos cuidados de seus pais, além da enorme carga de trabalho emocional, acabam gerando no meio familiar intenso conflito e angústia. A sensação de estar só, desamparado, submete os cuidadores a enorme pressão psicológica que se acompanha de depressão, estresse crônico, queda da resistência física, problemas conjugais, entre outros. No Brasil, foram criadas associações de Alzheimer, formadas por profissionais da área da saúde e familiares, que tem como objetivo, proporcionar a melhoria das condições de vida aos portadores e seus familiares. Em Rio Grande, foi criado em 2002 um Grupo de Ajuda Mútua, que desde 2003 funciona como uma sub-regional da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz), promovendo encontros quinzenais com os familiares de idosos com DA e do qual participam acadêmicos do Curso de Enfermagem da Fundação Universidade Federal do Rio Grande (FURG). É importante que os cuidadores desfrutem destes serviços, pois podem compartilhar suas experiências e sentimentos com os demais componentes do grupo e assim, buscar maneiras de manter uma vida mais saudável.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: CINDI OLIVEIRA DA SILVA, ADRIANA DORA DA FONSECA, VERA LÚCIA DE OLIVEIRA GOMES,IVANA DUARTE BRUM, FERNANDA TONELLO, RAFAELA VIVIAN VALCARENGHI
Apresentador (a):CINDI OLIVEIRA DA SILVA
Orientador (a): ADRIANA DORA DA FONSECA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 1 - Comunicação
Título: Adolescer Saudavel
Resumo: O projeto é uma parceria do Departamento de Enfermagem da FURG com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura da cidade do Rio Grande (SMEC) e com a Associação dos Servidores Hidroviários do Rio Grande do Sul, iniciado em março de 2006, com os objetivos de proporcionar às acadêmicas do sexto semestre do Curso de Graduação em Enfermagem experiências de aprendizagem junto a adolescentes; identificar os anseios e dúvidas de adolescentes quanto ao processo de adolescer saudável; problematizar questões referentes ao cuidado de si incitando-lhes à responsabilidade pelas escolhas presentes e futuras. Procurou-se integrar família, escola, equipe de enfermagem e alunas/os da quinta, sexta, sétima e oitava séries da Escola Municipal de Ensino Fundamental Viriato Corrêa. Para tanto, tem se adotado, metodologia participativa por meio de jogos, brincadeiras, leituras, filmes, oficinas e problematização de temas como saúde e qualidade de vida, auto cuidado, adolescência, violência, gênero, sexualidade, entre outros considerados relevantes pela comunidade escolar. O tema sexualidade é o mais solicitado pelos(as) jovens sendo que as principais dúvidas estão relacionadas a iniciação sexual e as DSTs/AIDS. Foram realizadas ainda ações de promoção da saúde e inspeção física com 65 alunos/as, sendo 29 do sexo masculino e 36 do feminino, objetivando o diagnóstico e o encaminhamento de situações como déficit de acuidade visual, problemas odontológicos e ginecológicos. Para atendimentos odontológicos foram encaminhados 30 alunos/as, para atendimento ginecológico 17 adolescentes, sendo que para esses atendimentos estabeleceu-se parceria com a Associação dos Servidores Hidroviários do Rio Grande do Sul. Para o serviço de oftalmologia do Hospital Universitário da FURG foram encaminhados 3 adolescentes. A realização de atividades desse teor evidencia a necessidade da atuação do/a enfermeiro/a em projetos de Saúde Escolar voltados para crianças e adolescentes visando à melhoria da qualidade de vida dessa população.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: JOSÉ FRANCISCO SANTOS DE MOURA, ADRIANO RODRIGUES JOSÉ E PAULO ROBERTO SOARES RODRIGUES
Apresentador (a):JOSÉ FRANCISCO SANTOS DE MOURA
Orientador (a): PAULO ROBERTO SOARES RODRIGUES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 5 - Meio Ambiente
Título: Curso de Capacitação para elaboração do Plano Diretor Participativo e instrumentos do Estatuto das Cidades
Resumo: A FURG tem como campo principal de atuação o Ecossistema Costeiro e busca produzir, organizar e disseminar o conhecimento sobre este ambiente, através do ensino, da pesquisa e da extensão, atividades indissociáveis. Um de seus projetos de extensão é desenvolvido nos municípios da Zona Costeira do Rio Grande do Sul, especialmente do litoral sul, bem como municípios integrantes do sistema lagunar gaúcho. Estes municípios necessitam de um planejamento urbano e territorial integrado eficiente por se localizarem em uma região ambientalmente sensível e complexa, entretanto não apresentam um corpo técnico amplo para realizar as tarefas de planejamento urbano e territorial e caracterizam-se como especiais pelas desigualdades sociais e por seus indicadores sociais. Dessa forma os cursos têm o objetivo de proporcionar aos municípios envolvidos instrumentos teóricos e práticos para a elaboração do Plano Diretor Participativo de acordo com os princípios do Estatuto da Cidade e as diretrizes do Ministério das Cidades. Os cursos estão sendo ministrados em municípios costeiros com mais de 20 mil habitantes e onde há presença de áreas de preservação permanente, inserindo-os no rol de municípios que necessitam de um Plano Diretor. Até o presente momento foram realizadas reuniões em São José do Norte, Jaguarão, Mostardas e Rio Grande. O objetivo principal do projeto é capacitar, nos municípios envolvidos, a equipe técnica responsável direta ou indiretamente no planejamento urbano e territorial para a elaboração e acompanhamento de planos diretores participativos, capacitando os atores sociais e representantes da comunidade (sociedade civil organizada, movimentos sociais, agentes econômicos) para a discussão e o acompanhamento de planos diretores participativos, discutindo o planejamento urbano e territorial a partir de uma perspectiva participativa visando o desenvolvimento sustentável das cidades e municípios, bem como as especificidades do planejamento urbano e territorial Zona Costeira do sul do Rio Grande do Sul.
Bolsa: CNPq

voltar

Autores: SIRLEI NADIA SCHIRMER
Apresentador (a):SIRLEI NADIA SCHIRMER
Orientador (a): SIRLEI NADIA SCHIRMER
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Educação Ambiental e seus vários olhares
Resumo: Nos últimos anos a EA tem provocado um grande interesse que é constatado pelas várias ações de iniciativa privadas e públicas que retratam e apontam estratégias para práticas educativas,buscando alternativas para um ensino de qualidade.A iniciativa deste projeto de extensão partiu da necessidade de divulgar e multiplicar os conhecimentos adquiridos e construídos enquanto aluna do PPGEA da FURG e também pelo fato de fa- zer parte do corpo docente da escola.O projeto também contempla a filosofia da escola,desta forma contribuindo para que esta instituição possa viabilizar a sua filosofia de ação articulando teoria e prática e assim buscando novas alternativas de ensino que considere a EA como um meio ou ins- trumento do ¨fazer pedagógico¨.O projeto de extensão ¨Educação Ambiental e seus vários Olhares¨tem como objetivo proporcionar aos profissinais da E.E.E.F.adelaide Alvim referencial teórico para discussão crítica e reflexiva sobre as possibilidades de ação da EA no espaço escolar e promover a interação entre Universidade e o contexto escolar.O projeto será desenvolvido ïn locus¨,isto é, na própria escola onde prevê a participação de professores e funcionários,com encontros quinzenais e ensino à distância,totalizando nove encontros.A avaliação será contínua abrangendo todos os momentos do projeto para possíveis ações e medidas a serem realizadas,em função dos ajustes necessário para o melhor andamento do evento. Portanto,o desafio que se impõe com desenvolvimento do projeto é apresentar propostas inovadoras que possibilitem o avanço e qualificação do contexto escolar.Behrens nesta linha de pensamento acrescenta:¨a formação continuada não se apresenta por si só como solução para os problemas de qualidade no ensino,mas abre perspectivas de contribuir ações coletivas, na busca da qualificação do trabalho docente¨(1996,p.138)
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: DALL IGNA, A. S.; FALCONI F. B.; QUINTANA, A. C.
Apresentador (a):ALINE SELAU DALL IGNA
Orientador (a): ALEXANDRE COSTA QUINTANA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 8 - Trabalho
Título: Encontro Acadêmico de Ciências Contábeis
Resumo: Neste trabalho encontram-se informações sobre o Encontro Acadêmico de Ciências Contábeis. O curso de Ciências Contábeis da FURG tem sua importância marcada na recente história do ensino de Contabilidade no Rio Grande do Sul, principalmente na região sul do Estado, onde se concentra grande parte de alunos e profissionais formados pela FURG. O curso de Ciências Contábeis destaca-se pela formação responsável e de compromisso para com a organização financeira de pequenas, médias e grandes empresas, assim como os bens pessoais de pessoas físicas. Para acompanhar o desenvolvimento do mercado, dispõe de docentes qualificados que colaboram para a capacitação dos alunos. Os acadêmicos de Ciências Contábeis da FURG estão conscientizados e interessados no desenvolvimento deste Encontro justamente por ter a intenção de tornar o Encontro Acadêmico de Ciências Contábeis um dos eventos mais importantes e tradicionais de nossa universidade. Tem como objetivo possibilitar um aprofundamento em questões relacionadas à área contábil, para os acadêmicos e a comunidade em geral. Através de palestras e mini-cursos são abordadas situações práticas que geram aos acadêmicos um melhor aprendizado e contato com o mundo real. A intenção deste projeto é caracterizar a importância do Encontro Acadêmico de Ciências Contábeis da FURG para classe contábil e acadêmica como o único evento do gênero realizado na Região Sul do Estado. Este Encontro é idealizado e organizado por alunos, que estão coordenando o Diretório Acadêmico de Ciências Contábeis, sendo em 2006 elaborado a 6ª edição.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: ADRIANA MATOS DE CARVALHO MENDES, PROFª DRª. MARIA ANGELA MATTAR YUNES
Apresentador (a):ADRIANA MATOS DE CARVALHO MENDES
Orientador (a): MARIA ÂNGELA MATTAR YUNES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Projeto “Engraxate Legal”
Resumo: Diante do contexto atual em que é fato a presença de adolescentes que realizam de forma incipiente a atividade de engraxate e pedem esmolas aos passageiros na hidroviária do município de São José do Norte, surgiu esta proposta de intervenção educacional, que tem por objetivo estimular o desenvolvimento educacional e social destes adolescentes. Tal proposta visa a contribuir para a inserção de jovens no mercado de trabalho, valorizando a construção das suas identidades na dimensão de jovens trabalhadores. Além disso, busca-se estimular a educação, a disciplina e a organização destes adolescentes na sua vida diária. Tendo como parceria a empresa Travessia Hidrovias e os órgãos de atendimento à infância e juventude, pretende-se delimitar e atingir algumas metas tais como: estimular a atividade de engraxate através de um curso específico que possibilite o aprendizado deste ofício; promover comercialmente o serviço de engraxate aos passageiros na travessia aquaviária; sensibilizar a sociedade para a importância do projeto solicitando o apoio e a integração dos adolescentes à sua comunidade; promover a reinserção dos adolescentes participantes do projeto no sistema escolar, bem como estimular seu aproveitamento escolar. Através destas ações esperamos estimular o desenvolvimento psicoeducacional dos adolescentes e oportunizar melhores condições de vida.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: ANGÉLICA CONCEIÇÃO DIAS MIRANDA, RENATA BRAZ GONÇALVES, DARLENE TORRADA, KARLA AMANDIO
Apresentador (a):KARLA REGINA AMANDIO
Orientador (a): ANGÉLICA MIRANDA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: HISTÓRIA E MEMÓRIA DE UMA FEIRA QUE DEU CERTO : FEIRA DO LIVRO DA FURG 1979/2007
Resumo: A Feira do Livro desenvolvida pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (FURG), é uma atividade de âmbito regional que promove atividades que objetivam a promoção da leitura, do lazer e do entretenimento de forma saudável e educativa. A FURG, como Instituição de Ensino Superior, é pioneira em desenvolver esse tipo de atividade. Este projeto tem como objetivo principal valorizar o trabalho de extensão realizado pela Universidade através do resgate, do registro e da divulgação da história da Feira do Livro da FURG, bem como, acompanhar e avaliar as práticas culturais desenvolvidas na cidade do Rio Grande no período compreendido entre os anos de 1979 até o presente. Através desse projeto de pesquisa, armazenagem e divulgação, além de ser exposta uma parte significativa da história da Instituição, é possível demonstrar que FURG vem conseguindo resgatar e registrar a sua constante preocupação com o desenvolvimento sócio-cultural da comunidade rio-grandina. Através dos resultados obtidos durante a pesquisa, onde se utilizou como fontes jornais diários da Cidade do Rio Grande, em documentos oficiais da Universidade, e História Oral, pode-se identificar e homenagear escritores que participaram da história da Feira seja como patronos, ou ainda, autores lançando seus livros. A partir da observação do banco de dados da Feira é possível ver claramente o seu crescimento, a ampliação dos seus setores e atividades e, por conseguinte, o aumento do público que a tem prestigiado. Visitar a Feira do Livro da FURG é uma prática cultural que vem sendo desenvolvida há quase 30 anos pela comunidade rio-grandina e também por aqueles que freqüentam o balneário Cassino durante o Verão. A iniciativa e empenho da comunidade universitária em promover esse evento de forma cada vez melhor são pontos que merecem destaque. E por isso, além das fotos, do slogan da Feira, do nome do patrono e sua biografia, dos livros mais vendidos, dos livros lançados, das atividades culturais, também são apresentados no banco de dados, os nomes das pessoas que compuseram as diversas comissões organizadoras que se formaram ao longo desses 27 anos, bem como, o nome dos acadêmicos que trabalharam como voluntários na realização da Feira. A continuidade desse projeto permitirá preencher as lacunas que ainda existem em relação a feiras anteriores, e registrar os fatos que ainda estão por vir, de forma que se possa dar continuidade à preservação da memória desse evento que leva a universidade para a rua, mostrando algumas de suas muitas faces para pessoas de toda região.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: BAUNGARTEN, M; CRISTELLO, E; EDOM, J; FREITAS, J; FAGUNDES, E; MURCIA, C; PEREIRA, M SANTOS; M, VENSKE, A.
Apresentador (a):FABÍOLA CADAVAL DAPUZZO
Orientador (a): EDUARDO MATHIAS CRISTELLO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 8 - Trabalho
Título: Empresa Júnior - Completando o aprendizado com a prática empresarial.
Resumo: Uma empresa júnior tem por objetivo primordial, ser uma forma de incluir nas atividades acadêmicas, a prática empresarial, na forma de consultoria prestada por acadêmicos, sob a supervisão dos professores e o suporte da Instituição de Ensino à qual pertencem. A empresa júnior por tratar-se de uma sociedade sem fins lucrativos, dá ao empresariado local condições de ter acesso a uma consultoria mais econômica, permitindo ao mesmo a contratação de serviços, que poderão melhorar significativamente a qualidade do gerenciamento de seu negócio. As vantagens para o estudante vão desde a iniciação ao empreendedorismo, passando pelo enriquecimento curricular, bem como uma visualização prática e macro dos conteúdos estudados em sala de aula e da atividade empresarial como um todo. Sendo assim foi criada pela Faculdade Atlântico Sul do Rio Grande, a empresa Atlântico Júnior, que surgiu após um período de conscientização da comunidade universitária, e da seleção de seus membros feita em forma de entrevistas com os professores responsáveis pelo projeto. A estrutura da Atlântico Júnior ficou composta de 6 diretorias (Diretor Presidente, Diretor Marketing, Diretor de RH, Diretor Administrativo, Diretor Financeiro e Diretor de Projetos) todas gerenciadas por alunos de graduação da faculdade, sob a tutela de um Conselho de Administração (composto por 3 professores e 2 membros das diretorias). Atualmente a Atlântico Júnior está em fase de estruturação física e de divulgação na comunidade acadêmica e posteriormente na comunidade empresarial.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: FERREIRA, J.C.R.; SANTO, M.L.E.; NOGUEIRA, D.A.; LEITE, C.S.; RAMOS, S.S.; RASERA,J.F.A.
Apresentador (a):DANIELA ALMEIDA NOGUEIRA
Orientador (a): JOÃO CARLOS RODRIGUEZ FERREIRA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 7 - Tecnologia
Título: Agricultura Familiar: Implantação de uma agroindústria
Resumo: Desde outubro de 2003, o projeto Agricultura Familiar está sendo desenvolvido no município de São José do Norte/ RS, em parceria com a Universidade Solidária (UNISOL), com o objetivo de estimular o desenvolvimento local sustentável, priorizando a agricultura familiar cooperada. Para isso, visa agregar valor à produção da cebola com a implantação de uma agroindústria que beneficiará a cebola através da elaboração de produtos (cebola desidratada, conservas e purê) já pesquisados nos laboratórios de Engenharia de Alimentos da FURG e cuja viabilidade de venda na região já foi avaliada. Sob coordenação do Núcleo de Desenvolvimento Social e Econômico, o trabalho é realizado por uma equipe multidisciplinar e interdepartamental, envolvendo professores, técnicos e alunos da Universidade e colaboradores da comunidade. As atividades vêm sendo desenvolvidas com, aproximadamente, 46 famílias dos associados da Cooperativa dos Agricultores Familiares Nortenses (COOAFAN) e a efetivação do trabalho teve origem no diagnóstico estabelecido com as famílias associadas em entrevistas, reuniões, palestras e oficinas. Como forma de atuação, está sendo utilizado o método da ação-reflexão-ação, visando a construção coletiva do conhecimento e da cidadania, que pode ser traduzida como processo reflexivo-teórico a partir da prática, tanto científica como empírica, capaz de provocar novas pesquisas e conhecimentos com aplicação direta nas comunidades demandantes. Atualmente, o trabalho está sendo desenvolvido através do acompanhamento sistemático e atividades que visam a capacitação e a qualificação dos agricultores através de cursos ligados diretamente ao beneficiamento da cebola, higiene e segurança no trabalho e gestão administrativa.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: DELGADO, ANA; ANDRADE, CARINA; JARDIM, DANIELE; GULARTE, GIOVANNA.
Apresentador (a):DANIELE JARDIM
Orientador (a): ANA CRISTINA COLL DELGADO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Refletindo sobre a prática em um contexto diversificado de educação e cuidado”: um curso de formação em serviço em uma casa de cuidadora de crianças
Resumo: Este projeto de extensão faz parte da pesquisa “Estudo Etnográfico acerca das Culturas Infantis e Significados de Educação e Infância em Creches Domiciliares no Município do Rio Grande” financiada pela FAPERGS e CNPq, que tinha como objetivo investigar os significados e culturas das crianças em um contexto diversificado de educação e cuidado: a casa de uma cuidadora localizada em um bairro popular deste município. Esse projeto constituiu-se em um curso de formação em serviço para cuidadoras de crianças, cujo objetivo central é refletir sobre as práticas que já vêm acontecendo e que podem favorecer a criação de outras ações de cuidado e educação focalizadas nas crianças. Nossa idéia foi não modificar radicalmente as rotinas já estabelecidas entre os adultos e as crianças, mas sim criar possibilidades de reflexão sobre as práticas vividas, enfatizando a importância da escuta das crianças. A metodologia do curso teve como meta principal a vivência de experiências vinculadas ao cotidiano dos adultos e crianças, sempre respeitando as rotinas de cuidado e educação e os saberes que os adultos têm a respeito das suas práticas. É a partir desses saberes e das reflexões sobre eles, bem como das teorias que os sustentam que tentamos construir com as cuidadoras outras práticas fundadas em saberes que focalizem principalmente as crianças. Algumas temáticas do curso foram: Saúde, cuidados com o ambiente, higiene e primeiros socorros; Nutrição das crianças; A importância do lúdico e das brincadeiras; As múltiplas linguagens e vivências de atividades práticas; Confecção de jogos e brinquedos com as crianças; Reflexões sobre o espaço e de como este pode ser organizado para e com as crianças; Parceria com as famílias das crianças (agenda de comunicação família - cuidadora). O curso foi desenvolvido entre os meses de maio e agosto no próprio local de trabalho das cuidadoras.
Bolsa: FAPERGS

voltar

Autores: ANGÉLICA CONCEIÇÃO DIAS MIRANDA; URSULA BLATTMANN; FRANCISCO DAS NEVES ALVES; ANDRÉ PRISCO VARGAS; MARITZA MARTINS; SIMONE E. BANDEIRA, SIMONE T. PRZYBYLSKI;CLÉRISTON RIBEIRO RAMOS E MELINA TEIXEIRA
Apresentador (a):CLERISTON RIBEIRO RAMOS
Orientador (a): CLAUDIO OMAR IAHNKE NUNES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 7 - Tecnologia
Título: Digitalização da Biblos - Revista do Departamento de Biblioteconomia e História
Resumo: A digitalização de publicações tem se tornado uma constante em todo o mundo, possibilitando divulgar a produção científica intelectual e também oferecer subsídios para que a publicação faça parte de repositórios internacionais. Com o uso de plataformas em software livre (open journal systems), gerenciadas pelo Instituto Brasileiro de Informação Científica e tecnológica (IBICT), o Sistema de Editoração de Revistas, SEER (como é mais conhecido), possibilitou às instituições investir no meio virtual para a veiculação de suas publicações com baixo custo, quase zero. A divulgação da produção científica nacional, entre outras coisas, possibilita à comunidade acadêmica se mostrar visível no mundo virtual, preservando o conhecimento registrado, minimizando questões relativas ao plágio, assim como, formalizar o resultado de pesquisas. A digitalização da Biblos surgiu do esforço comunitário de bibliotecários, professores e alunos do curso de Biblioteconomia, todos voluntários, com o objetivo de proporcionar ao periódico em questão um alcance maior. Tornar-se um periódico eletrônico, dentro das normas e padrões internacionais, é uma necessidade para muitas revistas, e assim, sair de um padrão local, passando a ter alcance global. Inicialmente, foram digitalizados os volumes relativos aos anos de 2003, 2004 e 2005. E agora, na segunda fase, está sendo dado início à digitalização de todos os volumes na íntegra.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: PEREIRA, A.C.; BEZERRA, D.P; SANTANA, D.S.; SILVA, C.R.M.
Apresentador (a):ANDRÉA DE CARVALHO PEREIRA
Orientador (a): CLAUDIO RENATO MORAES DA SILVA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 9 - Outra
Título: Higienização e Desinfestação de Acervos através de Congelamento
Resumo: Apresenta os procedimentos necessários para a preservação, higienização e a desinfestação de um acervo através da técnica de congelamento. A importância da preservação dos acontecimentos e conhecimento é primordial para a disseminação do conhecimento. O acervo da URI Santo Ângelo - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, sofreu com a ação do tempo e condições de acondicionamento, e através de uma atividade de extensão foi desenvolvido um trabalho de recuperação do acervo da mesma. O processo de congelamento, deu-se a partir da seleção do material existente, onde as obras que não eram pertinentes a Instituição sofreram descarte.null
Bolsa: Outros

voltar

Autores: LUCIANA VALADÃO VASCONCELOS ALVES; MARIA CRISTINA FLORES SOARES; DAIANE MARIA RODRIGUES MACHADO; BRUNA SCHMITH KOCOUPEK; GISLÉIA OTHERO CONCEIÇÃO; PAULA REGINA DIMUSSIO DA ROSA; JULIANA ACOSTA SANTORU
Apresentador (a):LUCIANA VALADAO VASCONCELOS ALVES
Orientador (a): MARIA CRISTINA FLORES SOARES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Projeto VEPOP Extremo Sul: construindo o diagnóstico comunitário dos bairros Cidade de Águeda, Santa Rosa e Cohab IV – Nota Prévia
Resumo: O projeto VEPOP Extremo Sul –Vivências em Educação Popular no Extremo Sul do Brasil, tem como proposta estimular novos compromissos de cooperação e articulação ético-política entre a Universidade, os gestores e profissionais de serviços e sistemas de saúde e os líderes e demais membros das comunidades envolvidas, de forma a contribuir para mudanças na graduação, formando profissionais mais qualificados para a realização de intervenções voltadas para as necessidades da população e para a consolidação do Sistema Único de Saúde. Um dos sete grupos multidisciplinares do projeto atua em um conjunto de comunidades que compreende os Bairros Cidade de Águeda, Santa Rosa e Cohab IV. O objetivo deste estudo é apresentar os resultados iniciais do diagnóstico comunitário realizado nesses bairros. Como metodologia utilizamos revisão bibliográfica dos estudos desenvolvidos na Universidade sobre essas comunidades e encontros com moradores dos bairros e com as equipes de saúde que atuam nessa área. Foram realizadas reuniões de aproximação em cada bairro para apresentação do projeto e do grupo que iria atuar nessas comunidades, e também para iniciar o processo de identificação de problemas e necessidades específicas de cada localidade. As principais necessidades identificadas até o momento foram: atividades para ocupação das crianças, atividades de lazer, cursos profissionalizantes, melhora na assistência a saúde e educação, alfabetização de adultos, maior segurança, sede para a associação de bairro. Verificamos que o Bairro Cidade de Águeda possui um maior número de necessidades, tais como: escola de ensino fundamental completo, calçamento das ruas, serviço de correio, telefones públicos, linha telefônica, creche, entre outros. Por fim, esperamos com nossa atuação poder contribuir para a transformação dessa realidade excludente estimulando a mobilização e a autonomia dessas comunidades na defesa de seus interesses e necessidades afim de que possam alcançar uma melhor qualidade de vida.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: CLAUDIA MORAES SILVEIRA; ELISABETH BRANDÃO SCHMIDT; ALFREDO MARTIN GENTINI; MICHELE PEREIRA DORNELES
Apresentador (a):CLAUDIA MORAES SILVEIRA
Orientador (a): ELISABETH BRANDÃO SCHMIDT
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Passos da Criação & (Re)Utilização de Resíduos Secos
Resumo: O projeto Passos da Criação & (Re)Utilização de Resíduos Secos, desenvolvido na Escola Municipal de Ensino Fundamental Cidade do Rio Grande, de abril a junho de 2006, objetivou estimular e desenvolver as potencialidades criativas dos educandos, enfatizando a (re)utilização de resíduos secos. Por meio das oficinas de arte, como: Conhecer e Reconhecer; Jogos; Vivência dos Sentidos; Criatividade Visível; Oficina do Não-Lixo; Oficina do Refazer; Papietagem – Um papel social; Memória Recente, o exercício da criatividade configurou-se como uma forma de consolidar a individualidade do ser enquanto sujeito social; e a atividade plástica, aliada ao trabalho de compreensão intelectual e emocional, facilitou o processo evolutivo da personalidade como um todo. A prática de atividades artísticas objetivou facilitar a resolução de conflitos interiores afetivos e comportamentais, e não somente desenvolver conhecimento de arte ou aptidões artísticas. As dificuldades foram superadas pelo grupo, já que um espaço ‘Memória Recente’ era aberto à discussão ao final de cada oficina, a fim de nos conhecermos mutuamente mais um pouco, juntamente com seus/nossos desejos e vivências – um momento de renovar as idéias, conversar sobre como foi o comportamento de cada um durante as atividades desenvolvidas. Trabalhar com o ‘lixo’, poder transformá-lo e fazer parte desta transformação, significa que uma parte desta transformação se fez no interior do educando. Houve um amadurecimento quanto às atitudes e à postura dos estudantes, não apenas no grupo, mas também nas salas de aula de outros professores, que notaram mudanças positivas no comportamento desses educandos. Considerando os resultados positivos, obtidos junto aos educandos do projeto, podemos inferir que este pequeno passo caracterizado como projeto simboliza uma metodologia criativa, possível de ser utilizada por todos os educadores que tenham como metas prioritárias o desenvolvimento da espontaneidade, da curiosidade, da criticidade, enfim, o despertar para o pensar com criatividade e originalidade.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: RENON, VP; BORTHEIRY MEIRELLES, AL.
Apresentador (a):VIVIANE PLASSE RENON
Orientador (a): AÍDA LUZ BORTHEIRY MEIRELLES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Estudo dos fatores de risco modificáveis das doenças cardiovasculares em mulheres diabéticas tipo 2 acompanhadas no PAID
Resumo: Introdução - As doenças cardiovasculares (DCV) é a principal causa de mortalidade no Brasil (Ministério da Saúde, 1996). O controle dos fatores de risco cardiovascular modificáveis (FR), principalmente em mulheres diabéticas, pode prevenir as DCV como infarto agudo do miocárdio (IAM), acidente vascular encefálico (AVE) e cardiopatia isquêmica (CPI), possibilitando uma melhor qualidade de vida. Objetivo geral: Avaliar os FR modificáveis (dislipidemia, obesidade, hipertensão e diabetes) em mulheres diabéticas tipo 2 (DM2) acima de 50 anos acompanhadas no PAID no ano 2005. Metodologia – Realizou-se um estudo transversal e utilizou-se uma amostra de conveniência. Foram analisados 40 prontuários para identificação dos FR, registrando-se da anamnese: idade, tabagismo e histórico de DCV; do exame físico: altura, peso e pressão arterial (PA); e dos exames complementares: médias de glicemia 2h-pós-desjejum (GPD), colesterol (colesterol: CT, LDL, HDL) e triglicerídeos (TRG). Considerados como FR: PA>130/85mmHg, GPD>200mg/dl, CT>240mg/dl, HDL≤45mg/dl, TG>150mg/dl e IMC>25mmHg. Resultados - A idade foi 51 a 83 anos. Os FR mais prevalentes foram obesidade e hipercolesterolemia. Nenhuma paciente era tabagista. Seis mulheres apresentaram todos os FR e duas nenhum deles. Das mulheres que apresentaram todos os FR, 2 tinham CPI e 1 teve AVE. A DCV mais prevalente foi CPI, presente em 17 pacientes, todas elas com FR, incluindo 14 obesas, 13 hipertensas, 13 CT elevado, 12 TG elevado, 11 HDL baixo e 11 GPD elevada. Conclusão: A associação de doenças no DM2 multiplica o risco de DCV em relação ao não diabético em 2-4 vezes. A CPI foi a DCV mais prevalente; e o CT e a obesidade os FR modificáveis mais prevalentes entre as mulheres DM2 acompanhadas no PAID. Sendo assim, o controle dos FR modificáveis, principalmente os mais prevalentes, é de extrema importância em mulheres com DM2 já que essa doença é considerada um fator de risco poderoso e independente.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: EVELINE CAREN GENESINI PEREIRA
Apresentador (a):EVELINE CAREN GENESINI PEREIRA
Orientador (a): MARISA PORTO DO AMARAL
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 1 - Comunicação
Título: O surdo e sua identidade surda
Resumo: O surdo, ao contrário do que muitos acreditam, define-se em termos culturais e lingüísticos (WRIGLEY, 1996). Ele tem uma identidade, uma identidade surda, que por sua vez é multifacetada e que segundo Perlin (2002) pode ser identificado por ela. E, é a partir da análise de alguns textos escritos por pessoas surdas, falando sobre a sua identidade que o presente trabalho busca traçar um paralelo entre o que a bibliografia especializada tem dito a respeito da formação e da distinção entre as identidades surdas e o próprio discurso do surdo, frente aos grupos que freqüenta, grupo composto por outros surdos e grupo composto por ouvintes. Cabe salientar que os colaboradores da pesquisa em questão são membros da comunidade de Rio Grande e Pelotas, todos portadores de deficiência auditiva e que interagem com os dois grupos acima citados.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: STELA MARIS FRUTADO IECK
Apresentador (a):STELA MARIS FURTADO IECK
Orientador (a): MARISA PORTO DO AMARAL
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 3 - Direitos Humanos
Título: Projeto Lutando pela Inclusão: LIBRAS para Todos
Resumo: A utilização da língua de sinais vem sendo reconhecida como um caminho necessário para o despertar do interesse sobre a causa do surdo. Pensando nisso, o Projeto Lutando pela Inclusão: Língua Brasileira de Sinais para Todos tem o objetivo de sensibilizar as comunidades para a necessidade de aprender a Língua Brasileira de Sinais como primeiro passo favorecedor da inclusão.O público a ser atingido são universitários, principalmente dos cursos de Letras e Pedagogia, surdos, professores e familiares de surdos, pessoas da comunidade, em geral, de Rio Grande e São José do Norte. Neste trabalho serão apresentados os resultados que estão sendo atingidos em dois anos de andamento do projeto.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: JOSIANE S. DA SILVA
Apresentador (a):JOSIANE S. DA SILVA
Orientador (a): CLAÚDIO RENATO MORAES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: Projeto de Reformulação da Hemeroteca de artigos de Antenor de Oliveira Monteiro
Resumo: O presente projeto visa manter inalterada uma parcela da história profissional de um ilustre Rio-grandino, que habilmente, ao longo de sua vida, reuniu um conjunto de artigos que enaltecem a história da cidade do Rio Grande. Antenor de Oliveira Monteiro, teve inúmeras qualificações profissionais e através deste projeto pretende-se valorizar seu trabalho como cronista e historiador. Para se alcançar, tal objetivo, será usado todo o embasamento teórico possível, sempre visando a integridade física do manuscrito original, viabilizando meios de preservar a memória e disponibilizar o conhecimento ao usuário da instituição, sita-se a Bibliotheca Rio Grandense, em Rio Grande - RS. Para tal intento, chegou-se a um consenso de que os originais dos artigos deveriam se manter inalterados, pois eram a memória de uma forma rudimentar de se armazenar o conhecimento. No entanto, tal material, no seu formato original, carecia de suportes que se fazem necessários para a elaboração de uma pesquisa completa e respeitada no âmbito científico, como fonte completa e normalizada. A fim de se preencher esta lacuna, é que organizou-se o presente projeto, visando a remodelação dos recortes de artigos de Antenor de Oliveira Monteiro, em grande parte, a partir da cópia de seus originais. A reformulação desta Hemeroteca fornecerá uma importante fonte de informação de referencia aos usuários da instituição detentora desta ferramenta.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: VITOR CARDOSO ARAGÃO; WALTER AUGUSTO RUIZ
Apresentador (a):VITOR CARDOSO ARAGÃO
Orientador (a): WALTER AUGUSTO RUIZ
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: O Trote Cidadão no Curso de Engenharia de Alimentos
Resumo: Para desvincular o “Trote” tradicional dos atos de humilhação e violência que aderiu nos últimos anos, o Curso de Engenharia de Alimentos da FURG decidiu inovar. A recepção aos calouros foi transformada em uma ação solidária de fraternidade, respeito e alegria, porém não deixando de lado seus princípios como o rito de passagem que envolve a integração entre calouros e veteranos. O Trote Cidadão é uma campanha realizada com sucesso em diversas universidades do Brasil, alcançando resultados surpreendentes. Com um aspecto social, esta campanha pretende quebrar este ciclo de violência estimulando o trabalho voluntário e a implementação de projetos sociais. Os objetivos foram promover a integração do calouro à comunidade universitária, estimular a pratica da cidadania evidenciando o papel do universitário na sociedade, proporcionar um conhecimento da universidade e do curso e despertar a consciência cidadã e o espírito voluntário nos calouros e acadêmicos. Com o propósito de estimular idealizou-se uma gincana, cujas atividades tiveram como principal objetivo beneficiar uma instituição carente. Assim na principal prova denominada de Prova Cidadã, foram doados alimentos, material escolar e materiais de higiene. A gincana também foi composta por outras atividades que visaram um maior conhecimento da universidade e do curso. Também foi realizado um dia de integração com crianças carentes que se denominou “Dia Cidadão”, onde todos acadêmicos foram convidados, houve brincadeiras e distribuição de lanches. O curso acredita que existem outras formas de recepcionar os calouros, e assim contribuiu chamando a atenção para o fim de ações violentas e, acima de tudo, despertando o graduando para a importância de trabalhos que ligam a universidade à comunidade. Através desta ação social, os acadêmicos tiveram a oportunidade de atuar como voluntários em uma instituição, transformando, desta forma, um dos dias mais marcantes da sua vida em um dia importante à sociedade.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: LOBATO, R.C.; SILVEIRA, E.S. ; MATA, M.M..
Apresentador (a):RUBENS CÁURIO LOBATO
Orientador (a): MARCIA MAGALHÃES MATA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 9 - Outra
Título: Micoteca: uma ferramenta a ser utilizada para ensino, pesquisa e extensão
Resumo: As coleções microbiológicas são fontes de informações catalogadas sobre a diversidade microbiana, podendo constituir bancos de dados que permitem um estudo aprofundado dos mais diversos organismos. Têm por finalidade proporcionar à comunidade científica, informações a respeito destes seres vivos, bem com, subsídios à saúde, agricultura, alimentação, ao saneamento e à conservação do meio ambiente. Em vista disto, as Micotecas são de fundamental importância para a manutenção e desenvolvimento de estudos, bem como de trabalhos taxonômicos, etiológicos e epidemiológicos. Este trabalho tem por objetivo demonstrar a estruturação da Coleção de Fungos do Laboratório de Micologia do Setor de Parasitologia e Micologia do Departamento de Patologia da Fundação Universidade Federal do Rio Grande (FURG) – RS. Todo material biológico já existente no laboratório será previamente recuperado em meios de cultura seletivos para fungos e posteriormente catalogado. O mesmo procedimento será realizado para crescimento e isolamento de novos fungos, dependendo da origem da coleta, onde serão cultivados em estufa microbiológica, durante 5-14 dias, a uma temperatura de 25 e/ou 37ºC. Após o período de cultivo, as colônias serão isoladas e devidamente armazenadas (CASTELLANI, et al,1953; DIOGO, et al, 2005). A identificação será feita com rótulo, contendo número seqüencial correspondente a ficha do cadastro desta coleção. A viabilidade dos isolados será testada à cada 30 dias, conforme proposto por Castellani, et al, 1953 e Figueiredo, 2001. Com isso, pretende-se contribuir para a formação e treinamento de futuros taxonomistas e pesquisadores em Micologia, incentivar projetos que promovam o desenvolvimento humano e ambiental de acordo com as normas de biossegurança e respeito à biodiversidade.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: TROINA, L. M.; SCHMIDT, E. B.; MIRANDA, I.; PORTO, I.; AMARANTE SILVA, F.; SINNOT SILVA, E.; SINNOT SILVA, M. E EQUIPE TÉCNICA DO CENPRE
Apresentador (a):LUCIA MACHADO TROINA
Orientador (a): ELISABETH BRANDAO SCHMIDT
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Drogas na Terceira Idade: conscientização para uma vida mais saudável
Resumo: O Centro Regional de Estudos, Prevenção e Recuperação de Dependentes Químicos – CENPRE incluiu no programa Capacitação da Rede de Apoio à Prevenção de Drogas Psicoativas, financiado pelo PROEXT/2005 MEC/SESu/DEPEM, o projeto Drogas na Terceira Idade: conscientização para uma vida mais saudável, fundamentado na tese de que a Terceira Idade é fase propícia ao consumo de drogas. Decorrente do estado de solidão e estigma social, a utilização da droga pode gerar problemas com repercussões na vida relacional do idoso. O projeto objetivou possibilitar a tomada de consciência sobre o papel que as drogas assumem no cotidiano de noventa idosos de grupos já constituídos no município do Rio Grande: Núcleo da Terceira Idade - NUTI/FURG e grupo Navio da Vida, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil. Também teve por objetivos: instaurar espaços de discussão sobre problemas relacionados a drogas; reduzir o sofrimento causado pelo estigma social, através da reflexão coletiva sobre novas formas de olhar o mundo e alternativas de bem viver; propiciar o acesso à informação científica, para que os idosos possam dar respostas mais positivas às situações que se apresentarem. A metodologia consistiu em entrevistas coletivas e questionários, visando traçar um perfil dos idosos e sua relação com drogas para embasar a posterior intervenção educativa. Foram realizadas oficinas, incluindo dinâmicas grupais, palestras e processos facilitadores da expressão e comunicação de experiências. No decorrer das oficinas foram avaliados o envolvimento, os questionamentos e posicionamentos, a freqüência, com indicadores positivos do desenvolvimento da conscientização, auto-estima e mudança de postura em relação ao uso de drogas por parte do grupo. Espera-se que os idosos atuem como multiplicadores prevencionistas nos grupos sociais aos quais pertencem. A inserção dos acadêmicos no projeto fortaleceu o compromisso da Universidade de formar profissionais sensíveis a grupos estigmatizados pela sociedade e voltados a políticas de inclusão social.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: VALÉRIO, I. SINNOTT, E; AMARANTE, F; PORTO, A.T; PINHEIRO, E.C; SILVA, M.S; SILVEIRA. R.R; FERNANDES, R.C; LUDWIG, M.V; TEIXEIRA, M; ALVIM, R.P; SILVEIRA, S.E; TRES, A; GERBER, A.F; PIRES, A.
Apresentador (a):RODRIGO DA ROSA SILVEIRA
Orientador (a): IRANÍ VALÉRIO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: PROJETO EDUCATIVO DE BEM COM A VIDA – EDIÇÕES VI E VII
Resumo: A prevenção é a medida mais eficiente para tratar a dependência química. Neste sentido, o Projeto “De Bem com a Vida”, objetiva conscientizar o adolescente do processo de dependência química e provê-lo de informações que possam estimular o auto-conhecimento. Isto visa melhorar sua qualidade de vida e formar um multiplicador prevencionista. Nas suas sexta e sétima edições, realizadas de maio a julho de 2006 no Hospital Universitário da FURG participaram 30 alunos. Foram realizados nove encontros de 4 horas, onde, através de dinâmicas criativas e variadas, bolsistas, estagiários e multiplicadores, supervisionados pela equipe do CENPRE, desenvolveram um programa com informações relacionadas aos aspectos fisiológicos, psicológicos, sociais e culturais do homem. O perfil do grupo era composto por jovens oriundos de escolas públicas de 14 a 17 anos. Na avaliação qualiquantitativa, perguntou-se sobre: importância dos temas abordados, relacionamento ministrantes/participantes, nível dos trabalhos e dinâmicas desenvolvidas, nível dos ministrantes, aplicação dos assuntos no seu dia a dia, entendimento dos assuntos, local de realização do Curso. Os dois primeiros foram conceituados como bons, enquanto todos os demais foram conceituados como ótimos. Sobre a capacidade do curso em influenciar positivamente na prevenção e valorização da vida, 92% acharam que houve influência para melhorarem, enquanto 8% disseram que não foram influenciados. Assim, mesmo na dificuldade de avaliar o real impacto de um projeto de extensão que trabalhe com tema tão subjetivo como o risco de exposição às drogas, o projeto “De Bem com a Vida” tem se mostrado cumpridor de seus objetivos iniciais. Apoio: FURG; MEC/ PROEXT- 2005 - PETROBRÁS
Bolsa: Outros

voltar

Autores: AMARANTE, F; SINNOTT, E; PORTO, A; PARDO, D; PINHEIRO, E; SCHMIDT, E; OLIVEIRA, G.F.T; VALÉRIO, I; MIRANDA, I.M.K; MEDINA. J; LOPES, M.E.O; PINHEIRO, E.C; SILVA, M.S; FERNANDES, R.C; SILVEIRA, R.R.
Apresentador (a):RODRIGO CERQUEIRA FERNANDES
Orientador (a): FERNANDO AMARANTE SILVA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA A GUARDA MUNICIPAL DO RIO GRANDE
Resumo: O projeto proporcionou a Guarda Municipal do Rio Grande noções sobre: drogas psicoativas; como reconhecer e abordar uma pessoa sob o efeito dessas substâncias; as providências a serem adotadas para encaminhamento dos usuários; como agir diante de situações com iminente risco de vida nas quais os primeiros socorros são de extrema importância; riscos de contaminação de DSTs e HIV+/SIDA; os cuidados a serem utilizados para segurança pessoal e do usuário, assim como a empatia para reduzir a violência urbana em conseqüência ao uso de drogas psicoativas. O curso de capacitação, com duração de 15 horas no período de março a maio de 2006, foi ministrado pela equipe multidisciplinar do CENPRE para os 75 integrantes da Guarda Municipal, os quais foram divididos em 3 turmas, com diferentes horários, a fim de proporcionar um melhor aprendizado e não interferir na rotina diária dos participantes. Após o término do curso, foram avaliadas questões como a importância dos temas abordados, a aplicabilidade e entendimento dos assuntos, o nível dos palestrantes, do material distribuído e da organização do curso, a capacidade para trabalhar com programa de prevenção e a motivação e o conhecimento sobre os assuntos antes e após o término do curso. Os resultados obtidos foram excelentes, tendo atingido uma média de 4,8 sobre um total de 5,0 pontos. Os resultados qualitativos estão representados a seguir por comentários feitos pelos participantes. “Proporcionou-nos ampliação dos conhecimentos”; “Deu-nos subsídios para melhor abordagem do assunto drogas e prevenção”; “Aumentou nossos conhecimentos sobre primeiros socorros e abordagem de dependentes químicos”. De acordo com os resultados espera-se que a Guarda Municipal tenha condições de intervir nessa população de forma mais qualificada e disseminar na comunidade os conhecimentos adquiridos Curso. A Equipe Técnica do CENPRE comprometeu-se a prestar a assessoria técnica aos participantes. Apoio: MEC/SESu/DEPEM – PROEXT/2005 – PETROBRAS null
Bolsa: FURG

voltar

Autores: LARA C.C.; ROSA D.S.; CUNHA S.; ABREU J.V.; HARTING L.
Apresentador (a):CLÁUDIA CAMILA LARA
Orientador (a): SUSIE ENKE ILHA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Elaboração de uma coletânea de atividades e jogos envolvendo consciência fonológca
Resumo: Este projeto tem por objetivo elaborar uma coletânea de atividades e jogos didáticos para desenvolver a cosciência fonológica de crianças em fase inicial da aquisição da escrita. Essa coletânea está baseada nos livros de Capovilla & Capovilla (2000) e Adams et. Al. (2006). Em um primeiro momento serão levantados os dados pertinentes às atividades e jogos de tal forma que os mesmos formem um contínuo no desenvolvimento da consciência fonológica: sensibilização aos sons em geral > textos, frases e palavras > sensibilizações para para aliterações e rima > consciência silábica (sílaba, ataque e rima) > consciência fonêmica > relação fonema-letras. Em um segundo momento, tais atividades e jogos serão reformulados e aplicados novamente em sala de aula. Por fim será elaborada uma coletânea envolvendo consciência fonológica para crianças em fase inicial de letramento.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: AMARANTE-SILVA, F; SINNOTT-SILVA, E; PORTO, A; PARDO, D; PINHEIRO, E; SCHMIDT, E; OLIVEIRA, G.F.T.; VALÉRIO, I; MIRANDA, I.M.K; MEDINA. J; LOPES, M.E.O; PINHEIRO, E.C; SINNOTT-SILVA, M; TEIXEIRA, M.
Apresentador (a):MELINA TEIXEIRA
Orientador (a): FERNANDO AMARANTE SILVA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: CAPACITAÇÃO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE DO RIO GRANDE
Resumo: O curso de Capacitação de Agentes Comunitários de Saúde do Rio Grande, oferecido pelo Centro Regional de Estudos, Prevenção e Recuperação de Dependentes Químicos (CENPRE), teve por objetivo preparar os Agentes (ACS) para identificarem pessoas sob efeito de drogas psicoativas, a forma de abordá-las, como e para onde encaminhá-las, orientar os familiares e praticar a prevenção. O projeto foi desenvolvido em duas fases assim denominadas: A primeira fase foi de capacitação dos ACS, através da abordagem dos temas drogas psicoativas, dependência, família, adolescência, prevenção e primeiros socorros. Com duração de 20 horas, a programação do curso, também, constituiu-se de oficinas que simulavam situações reais de abordagem trazidas pelos próprios participantes, que eram dramatizadas, avaliadas e orientadas. Na Segunda fase, eles foram avaliados e iniciada a assessoria pela equipe técnica do CENPRE. O número de inscritos foi de 115 ACS, divididos em 3 turmas para o desenvolvimento dos cursos. Para a primeira turma, o curso foi oferecido em fevereiro e para as demais em março de 2006. Todos os participantes, pertencentes aos ACS do Programa Saúde da Família do município do Rio Grande, receberam, no início do Curso, uma apostila com os temas abordados. Ao final do Curso foram submetidos a testes, permitindo avaliar, qualitativa e quantitativamente, o conhecimento adquirido e a capacidade para lidarem com situações relacionadas com os temas estudados. Concluíram o curso, 92,98% dos inscritos. Na avaliação final, 112 Agentes expressaram, com algumas frases como "Quero a felicidade e força para seguir adiante este trabalho tão importante e significativo a tantas famílias", a importância deste curso que os capacitou como multiplicadores no desempenho de sua tarefa profissional na comunidade, onde exercem um importante papel não somente de agentes de saúde, mas, também, de educadores. Apoio: FURG; MEC/PROEXT/2005; PETROBRAS
Bolsa: FURG

voltar

Autores: SINNOTT, E; AMARANTE, F; PORTO, A; PARDO, D; PINHEIRO, E; SCHMIDT, E.; OLIVEIRA, G.F.T; VALÉRIO, I; MIRANDA, I.M.K; MEDINA. J; LOPES, M.E.O; PINHEIRO, E.C; SINNOTT-SILVA, M; LUDWIG, M.V; TEIXEIRA, M.
Apresentador (a):MARCUS VINICIUS LUDWIG
Orientador (a): ELI SINNOTT SILVA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: EDUCAÇÃO PERMANENTE PARA A FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES NA PREVENÇÃO AO USO INDEVIDO DE DROGAS NO RIO GRANDE (RS)
Resumo: Os propósitos do Projeto são de: promover curso de educação continuada para os educadores sobre drogas psicoativas; instrumentar os participantes para criarem projetos sobre o tema; assessorar os novos multiplicadores na criação de sua proposta de intervenção junto às populações a que pertencem; promover a participação efetiva de estudantes da FURG. O projeto foi desenvolvido através de um curso de 40 horas, realizado no mês de junho, em dois módulos e uma tarefa intermódulos. Os participantes receberam um livro didático editado pela Equipe Técnica do CENPRE (Centro Regional de Estudos, Prevenção e Recuperação de Dependentes Químicos) e são assessorados mensalmente por meio eletrônico. O grau de satisfação dos participantes foi avaliado, concluindo-se que a maioria considerou o Curso adequado quanto à importância dos temas abordados; a aplicabilidade do assunto; e a motivação adquirida para desenvolvimento de projetos educativos e preventivos em seus locais de origem. Da avaliação qualitativa, colheram-se manifestações dos participantes como: “Importância do curso na aquisição de novos conhecimentos e agradecimentos pela dedicação e compreensão em relação às dificuldades dos professores na abordagem do assunto em sala de aula”. Participaram desse projeto 31 educadores de oito municípios da metade sul do Rio grande do Sul. Os participantes que freqüentaram 75% do Curso e apresentaram o trabalho intermódulos, aprovado pela comissão de avaliação, receberam o atestado de Multiplicador. Para manter a atividade dos multiplicadores, foi criada uma comissão articuladora com as atribuições de socializar as experiências, facilitar a organização de trocas de informações, servir de referência e elo de integração com o CENPRE. Com isso espera-se uma ampliação crescente do trabalho dos multiplicadores e uma efetiva integração com a comunidade escolar, consolidando-se o grupo pela continuidade de ações, contribuindo para o fortalecimento de sentimentos de adequação dos integrantes do projeto. Apoio: FURG; MEC/SESu/DEPEM/PROEXT/2005; PETROBRAS
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: CUNHA, C. C. DA; ALVIM, R. DE P.; AMARANTE-SILVA, F.; SINNOTT-SILVA, E. TUBINO PORTO, A.; SINNOTT-SILVA, M.
Apresentador (a):RAQUEL DE PAULA ALVIM
Orientador (a): IRANÍ VALERIO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: VISITAS DOMICILIARES AOS PARTICIPANTES DO PROJETO DE BEM COM A VIDA.
Resumo: O trabalho faz parte do Programa “A Universidade na rede de apoio social”, Projeto De Bem com a Vida, PROEXT/2005 que, tendo como público-alvo jovens em risco de vulnerabilidade social, objetiva discutir aspectos básicos da legislação brasileira sobre drogas e o Estatuto da Criança e do Adolescente; estimular o desempenho da criança e do adolescente, buscando a reintegrá-los na escola, na família e na sociedade, desenvolvendo sua auto-estima, melhorando sua qualidade de vida, através da conscientização e de novas posturas saudáveis, preparando-os para se tornarem multiplicadores de propostas. Foram planejadas as visitas domiciliares aos participantes, visando esclarecer aos pais ou responsáveis sobre os assuntos abordados e, desta forma, obter uma melhor inserção dos adolescentes ao Projeto. Foram efetivadas 30 visitas domiciliares e 24 entrevistas por uma assistente social do CENPRE, ocorrendo uma boa recepção e aceitação por parte dos moradores. Houve apenas um caso em que o responsável não quis receber a visita. Foi questionado, aos familiares, o que eles consideram como dependência química e qual a noção sobre a gravidade do uso de algumas drogas. Destas 24 famílias entrevistadas, quase em sua totalidade, pelo menos um membro usa algum tipo de droga, sendo, em primeiro lugar, o tabaco e, em segundo, o álcool. Os familiares que incidem com maior freqüência no uso são os pais. As visitas proporcionaram a muitos dos pais expressarem a importância da inclusão de seus filhos no Projeto De Bem com a Vida. Como conseqüência do projeto, o diálogo aumentou no ambiente familiar e, principalmente, os adolescentes construíram uma perspectiva de vida melhor para si e para todos ao seu redor. A participação dos familiares é muito importante neste processo, pois auxiliarão os jovens multiplicadores na prevenção da dependência química nos ambientes em que vivem. Apoio: FURG; MEC/PROEXT-2005; PETROBRAS.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: MARTA OBELHEIRO, ISMAEL MIRANDA, RODNEI GALLO FLORES
Apresentador (a):MARTA OBELHEIRO
Orientador (a): MILTON LUIZ PAIVA DE LIMA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 7 - Tecnologia
Título: PROPOSTA DE SINALIZAÇÃO PARA A VIA PRINCIPAL DE ACESSO AO CAMPUS CARREIROS - FURG
Resumo: A via de acesso ao Campus Carreiros - FURG atualmente apresenta sinalização de trânsito bastante precária, o que proporciona sério risco de acidentes. Esta situação levou a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento (PROPLAN), através da Superintendência Técnica, a solicitar ao grupo PET - Engenharia Civil um levantamento completo dos dispositivos de sinalização necessários para aumentar a segurança de pedestres e condutores na via, bem como de sua localização dentro do Campus. Para tanto, foram realizadas saídas de campo, onde foi possível identificar os locais de maior risco de acidentes, bem como o tipo de sinalização necessária a ser utilizada. As soluções apresentadas não contemplam, em um primeiro momento, modificações mais profundas na geometria das vias já implantadas, procurando resolver os problemas de circulação somente através da sinalização e pequenas obras. Além da colocação da sinalização, foi proposta a construção de refúgios nas paradas de ônibus, evitando que os veículos tenham de ficar parados sobre a via para o embarque e desembarque de passageiros. As sugestões foram transpostas para uma planta de situação produzida em ambiente CAD. O projeto prevê como próxima etapa a realização de um levantamento da sinalização nas vias secundárias do Campus Carreiros.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: ROBERTO THISEN
Apresentador (a):ALCEMAR JOSÉ DE MATTOS PITÁGORAS
Orientador (a): ROBERTO THISEN
Outros Trabalhos:
Instituição: OUTRO
Área: 2 - Cultura
Título: Núcleo de Pesquisa em Choro
Resumo: No primeiro semestre do ano 2000, através da colaboração entre o Prof. Me. Cassiano Scherner de Oliveira, da área de Comunicação Social e o Prof. Roberto Thisen da área de Música, inicia-se o projeto “Gênese, desenvolvimento e sobrevivência do Choro em Porto Alegre”. Visualizando a pesquisa histórica, o resgate e a análise de compositores de choro gaúchos assim como suas obras, o trabalho origina, em 2002, o projeto de extensão Grupo de Choro Plauto Cruz. Em sua primeira formação, o grupo contava com as participações dos acadêmicos Carlos Weydmann Filho (bacharel em violão UPF); Rodrigo Ávila (bacharel em saxofone UPF), Alexandre Saggiorato (licensiado em música e mestrando em História ambos UPF), Rodrigo Bernardon (bacharelando em percussão UFSMA) e Alcemar Pitágoras (bacharelando em violão UPF), além do Prof. Roberto Thisen como coordenador. Através desse grupo, os acadêmicos puderam entrar em contato com a música popular brasileira, fato este que não é comum nos cursos de música, tanto em conservatórios quanto em entidades de ensino superior. O Grupo de Choro Plauto Cruz realiza pesquisas, transcrições e audições públicas de compositores de choro gaúcho, além de contar com um repertório fundamentado em composições de Altamiro Carrilho. A comunidade também se beneficia com o projeto: através de diversas apresentações, o grupo tem a oportunidade de divulgar um estilo de música instrumental de alta qualidade, além de ser genuinamente brasileiro e com sotaque gaúcho. É recompensador (para músicos e leigos) descobrir que não só no Rio Janeiro foi produzido choro, mas também aqui no Rio Grande do Sul – obras em sua maioria esquecidas que adicionaram ao estilo toda uma particularidade sulista.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: ROSA, I.M.; PIVOTO, F.L.; CESTARI, M.E.; PEREIRA, R.; MOREIRA, M.S.; FERREIRA, C.F.
Apresentador (a):ISAQUIEL MACEDO DA ROSA
Orientador (a): MARIA ELISABETH CARVALHO CESTARI
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: NEPEPS: vivenciando a prática em educação popular
Resumo: Acreditamos que a produção do saber universitário deve adequar-se as determinações socias emergentes de uma população que vivência um cotidiano (de)limitado por desigualdades socias, a fim de (re)construir atores organicamente comprometidos pela luta por uma sociedade menos desigual. Entretanto, essa concepção ideológica não é, na maioria das vezes, a realidade. Nesse sentido, e em contraposição a uma política de lamentações, foi criado o Núcleo de Estudos e Práticas em Educação Popular e Saúde (NEPEPS), formado por estudantes de diferentes cursos de graduação da Fundação Universidade Federal do Rio Grande. Este relato de experiência pretende contribuir de forma significativa na busca por soluções que ultrapassem a barreira da educação formal e fomentem discussões/atitudes/propostas em benefício de uma formação profissional mais qualificada – no sentido de um contato mais estreito com a realidade concreta e que favoreça – diretamente - a população local. Nossa vivência ocorreu numa comunidade periférica da cidade de Rio Grande – RS, localizada a cerca de 200 metros da universidade sendo desenvolvida entre junho e dezembro de 2005. Através de reuniões com a comunidade nas quais foram questionadas quais suas prioridades e o que esperavam do núcleo, estabeleceu-se a forma e o conteúdo das ações. Em outras palavras, a população, através da problematização de suas necessidades, definiu a especificidade da atuação estudantil - as aulas de reforço escolar – realizadas aos sábados das 14 às 18 horas. Em contra partida, foi sugerido pelo núcleo e aprovado pela comunidade, a realização de oficinas temáticas que abordassem algumas questões relacionadas à saúde e cidadania. Finalmente, entendemos a integração de saberes entre comunidade/universidade como instrumento de transformação social e fator determinante para a formação de sujeitos compromissados com a construções de alternativas que contribuam com uma nova proposta de ensino-aprendizagem, construída no contexto da educação popular e voltada para a comunidade.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: PIVOTO, F.L.; ROSA, I.M.; PEREIRA, R.;ALVES,L.V.;CERON,A;SOARES, M.C.F.
Apresentador (a):FLÁVIA LAMBERTI PIVOTO
Orientador (a): MARIA CRISTINA FLORES SOARES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: PROJETO VEPOP EXTREMO SUL: UMA ESTRATÉGIA PARA A INTEGRAÇÃO DE SABERES E APROXIMAÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E COMUNIDADE
Resumo: Este trabalho tem como objetivo divulgar a metodologia utilizada para o processo seletivo do Projeto VEPOP Extremo Sul e refletir sobre o papel da extensão na área da saúde na aproximação entre Universidade e comunidades por meio da participação de acadêmicos de diferentes áreas, que atuando na perspectiva de um conceito ampliado de saúde buscam identificar o seu papel na sociedade. A divulgação do processo seletivo foi realizado pelo lançamento de um edital no site da FURG, pela mídia e pela realização de um seminário que contou com a presença de mais de 150 estudantes. Inscreveram-se para concorrer as 35 vagas 140 candidatos de 27 cursos da Universidade. Para pré-seleção dos candidatos foram analisadas as experiências em atividades comunitárias e a motivação em participar do projeto, demonstrada em documento escrito apresentado no momento da inscrição. Foram selecionados para a entrevista 71 candidatos. Para a escolha final foi levado em consideração o comprometimento verbalizado durante as entrevistas e a disponibilidade de horários. Os selecionados eram dos seguintes cursos: Enfermagem (8), Medicina (8), Educação Física (6), Ciências Biológicas (5), História (1), Engenharia Civil Empresarial (1), Geografia (1), Direito (1), Química (1), Oceanografia (2) e Pedagogia (1). O resultado deste processo expressa a demanda existente, por parte do movimento estudantil, de participação em atividades de extensão na área da saúde. A porcentagem de inscritos de outras áreas (52,9%) mostra que acadêmicos de diferentes cursos, conseguem vislumbrar a sua atuação em ações conjuntas com estudantes da área da saúde. As justificativas apresentadas foram: necessidade de realizar atividades junto à comunidade já que se dizem insatisfeitos com o ensino restrito à sala de aula; dar um retorno à sociedade do investimento realizado para a sua formação em uma universidade pública e o caráter multi/interdisciplinar do projeto.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: PAGEL, P. F. ; BOEIRA, K. B.
Apresentador (a):PRISCILA FERREIRA PAGEL
Orientador (a): CEZAR AUGUSTO BURKERT BASTOS
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 9 - Outra
Título: Projeto de Revitalização da Via Principal de Acesso ao Campus-Carreiros - FURG - Fase I - Levantamento de Defeitos
Resumo: Os graves defeitos na via de acesso ao Campus-Carreiros-FURG, proporcionando sério risco de acidentes, levou a PROPLAN (Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento) a desenvolver em conjunto com o PET- Engenharia Civil um levantamento dos locais mais deteriorados do pavimento do Campus. Para o levantamento detalhado da real situação da pista foram realizadas algumas saídas de campo, onde foram identificados os trechos a serem reparados e medidas suas respectivas extensões e profundidades máximas das depressões. Com os dados coletados foi possível o cálculo de cada área a ser reparada, bem como a transposição dos locais com defeitos para uma planta de situação produzida em ambiente CAD. Como o projeto solicitado pela PROPLAN priorizava o reparo dos pontos mais críticos, adotou-se como critério de classificação três níveis de gravidade, são eles: grau 1 (pavimento com deterioração acentuada); grau 2 (pavimento com deterioração moderada) e grau 3 (pavimento com deterioração leve). Foram levantados 4650,8 m2 em defeitos de grau 1, 1029,8 m2 em defeitos de grau 2 e 269,8 m2 em defeitos de grau 3. Também levou-se em consideração o tipo de deformação apresentado em cada trecho, os problemas mais freqüentes encontrados são: depressões; trilhas de roda e soerguimento da borda lateral da pista. Os defeitos mais graves ocorrem no trecho final do acesso (entrada do pavilhão 6), onde foi relatada a inexistência de uma base em material de empréstimo (saibro) compactado.O projeto prevê como próxima etapa, a realização de um estudo mais detalhado prevendo um adequado projeto de recuperação, de modo que não haja reincidência dos problemas.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: ZIOTTI, C.;CONTERATO, M. R; GROLLI, N. JR.; VIEIRA, H.
Apresentador (a):NEODI JUNIOR GROLLI
Orientador (a): HEITOR VIEIRA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 7 - Tecnologia
Título: AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE PAVIMENTOS DE ALVENARIA POLIÉDRICA: UM ESTUDO DE CASO
Resumo: Pavimento é uma estrutura, concebida de acordo com parâmetros econômicos e de engenharia de tráfego, construída após a terraplanagem destinada a resistir e distribuir ao subleito os esforços verticais produzidos pelo tráfego, melhorar as condições de rolamento quanto à comodidade e segurança, resistir aos esforços horizontais que nela atuam, tornando mais durável a superfície de rolamento. Para uma via de acesso ao interior do Campus Carreiros da Fundação Universidade Federal de Rio Grande (FURG), a solução adotado foi de uma pavimentação com alvenaria poliédrica. O acesso serve a um baixo volume de trafego, com cerca de 1500 veículos por dia, composto, basicamente, de veículos muito leves e leves. O revestimento de alvenaria poliédrica é um constituído de pedras irregulares, assentadas lado a lado sobre uma base de solo escolhido, formando um autentico mosaico. Alguns problemas ocorreram com esse pavimento devido a sua base com capacidade de suporte inadequada, a qual em alguns lugares não recebeu nenhum reforço, apenas as pedras de alvenaria foram assentadas no leito natural, neste caso em areia muito fofa e fina, com tendência, portanto, a sofrer bombeamento. Este trabalho teve como objetivo comprovar que os defeitos do pavimento estão ligados a má qualidade da base do pavimento, e sugerir a solução para os problemas desta via. Para avaliar a base usou-se um penetrômetro de ponta cônica, equipado com um dinamômetro, capaz de determinar a relação entre afundamento de sua aste metálica, em centímetros e a carga aplicada nesse equipamento. Comparados os resultados obtidos em diferentes trechos da via e até mesmo com provas de cargas efetuadas fora da via, podemos comprovar que existe uma grande ligação entre os tratamentos da base de pavimento. Além disso, foram realizados levantamentos geo-referenciados dos pontos mais críticos que necessitam com extrema extrema urgência reparos.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: JOSIANE TESCH
Apresentador (a):JOSIANE TESCH
Orientador (a): ROSELI NERY
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Desvendando nossa cidade histórica pela arte de fotografar
Resumo: O projeto foi realizado em parceria com a Prefeitura Municipal do Rio Grande-SMCAS com crianças e adolescentes em situação de risco do Núcleo Municipal Comunitário Dra.Lúcia Nader, durante o período de 13 a 27 de março de 2006, tendo como objetivo o reconhecimento do patrimônio histórico- cultural da cidade pela arte de fotografar. Além de fotografar prédios da cidade, os participantes tiveram uma fundamentação teórica-prática sobre fotografia P/B e estilos arquitetônicos, e exposição dos trabalhos, valorizando o fazer artístico, desenvolvendo assim a auto-estima dos participantes e um novo olhar estético. Edith Derdik diz que “se vê por que o olho reconhece, percebe os fatos que correspondem a experiências já vividas e assumidas pela cultura” e, portanto, só podemos gostar e valorizar nossos prédios históricos se conhecermos um pouquinho de sua história. As oficinas tiveram caráter teórico-prático, no qual os participantes aprendiam à medida que vivenciavam e manuseavam os materiais fotográficos.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: PROF.ª MSC. ROSELI NERY; PROF.ª DR.ª ANA MAIO; PAULA TAVARES
Apresentador (a):PAULA SAN MARTINS TAVARES
Orientador (a): ROSELI APARECIDA DA SILVA NERY
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: Quintas com arte
Resumo: O projeto “Quintas com Arte”, desenvolvido pelo DLA - FURG que teve início em Maio/2006, integra o Programa “Olhar Contemporâneo”. Tem como objetivo a veiculação de programas em e sobre arte (de origens diversas: Itaú Cultural, Rio Arte, STV, Cena Eletrônica, etc.) como elemento gerador de discussão e crítica da arte para a construção do conhecimento e ampliação do olhar contemporâneo voltado às artes visuais. Dirigido à comunidade universitária, principalmente, o projeto se desenvolverá a partir da seleção e edição prévia dos vídeos a serem apresentados (em parceria com CFOP), organização do cronograma de atividades, execução (veiculação do programa, seguido de debate) e ao final do projeto, avaliação para uma possível nova edição. Além de possibilitar um espaço alternativo pedagógico para a construção do debate em arte, o projeto oportuniza também a divulgação da produção acadêmica em vídeo, originária do Projeto Cena Eletrônica. Até a presente data, foram realizados 4 encontros, com a média de 20 participantes cada.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: FERREIRA, J. C. R.; MACHADO, C. E. N.; LEITE, C. S.; NOGUEIRA, D. A.; SCHMITT, L.; PEREIRA, D. T.
Apresentador (a):CAROLINE SCOTTO LEITE
Orientador (a): LUCIANE SCHMITT
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 8 - Trabalho
Título: O trabalho realizado pelo Núcleo de Desenvolvimento Social e Econômico (NUDESE) e sua contribuição para a geração de trabalho e renda
Resumo: A FURG vem desenvolvendo, de longa data, diversos projetos que visam o desenvolvimento local e regional sustentável, seja através da pesquisa, do ensino ou da extensão. Ressalta-se a sua vasta experiência em projetos de extensão que visam à capacitação de profissionais de diferentes áreas do conhecimento. Nesse contexto, o Núcleo de Desesenvolvimento Social e Econômico (NUDESE) surgiu como um dos núcleos da Superintendência de Extensão (SUPEXT), ligados a Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (PROACE), com a intenção de oferecer o aporte técnico às atividades que envolvem a geração de trabalho e renda, sendo elas na formação de cooperativas, assessorias técnicas a micro, pequenas e médias empresas, a qualificação dos trabalhadores, ações de combate a fome, novas alternativas de produção e consumo, entre outros. O NUDESE constitui- se em um núcleo permanente e suas atividades são desenvolvidas a partir de projetos específicos que visam atender a diversas áreas, sendo que cada um dos projetos têm metodologia própria, que envolvem ações realizadas a partir da solicitação da comunidade. A equipe de trabalho executa diagnósticos, elabora projetos, implanta melhorias, realiza reuniões, desenvolve atividades teórico-práticas, oficinas, palestras, consultorias e acompanhamento sistemático. Os projetos que integram o NUDESE no ano de 2006 são: AdoleSER; Agricultura Familiar: a travessia para o desenvolvimento sustentável; Apoio e Assessoria a Grupos de Economia Popular Solidária; Apoio e Assessoria ao Cooperativismo Popular – GRAC; Clube de Trocas; Consolidação da Cooperativa de Piscicultores, Carcinicultores e Criadores de Outros Organismos Aquáticos Ltda – COOPISCO; Extensão Empresarial; Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – INTECOOP/FURG; Mapeamento; Qualificar/FURG; UNIVERSIDADE e Comitê de Ação da Cidadania: uma relação de parceria.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: ANA ZEFERINA FERREIRA MAIO; JOSÉ ANTONIO VIEIRA FLORES; ROSELI NERY
Apresentador (a):FERNANDO THEODÓSIO COSTA
Orientador (a): ANA ZEFERINA FERREIRA MAIO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: CENA ELETRÔNICA
Resumo: O projeto Cena Eletrônica apresenta-se como um espaço de ações educacionais na área de vídeo, que integra ensino, pesquisa e extensão por meio da atualização de conhecimento, da formação continuada em Artes Visuais e da criação e divulgação da cultura videográfica contemporânea. O projeto busca favorecer o desenvolvimento de pesquisas na linguagem à que se refere, bem como potencializar a capacidade crítica e criativa dos acadêmicos da FURG para a produção e exibição de produtos videográficos. Dessa forma, nossos objetivos podem ser assim definidos: divulgar os vídeos na FURG TV, organizar mostras itinerantes, participar de festivais de vídeos universitários e eventos relacionados. Para tanto, busca-se promover experiências de ensino e aprendizagem em vídeo, aprofundar a teoria e a prática da percepção audiovisual e confirmar o reconhecimento da mídia videográfica no cenário da cultural contemporânea. Assim, o Cena Eletrônica busca atender a uma demanda em criação de vídeos documentais e artísticos, comprovada por discentes de diferentes cursos da FURG. O projeto visa também desenvolver a formação dos estudantes no uso de mídias digitais integradas, sensibilizar os acadêmicos às novas formas de representação poética, potencializar o uso das tecnologias de informação e comunicação e vincular a formação acadêmica aos processos de saber, saber fazer, saber ser e saber conviver. Ao atender diferentes cursos de graduação e pós-graduação da FURG, o projeto busca promover a integração da comunidade universitária.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: ANA ZEFERINA FERREIRA MAIO; ROSELI NERY; JOSÉ ANTONIO VIEIRA FLORES
Apresentador (a):KATIA SILENE DE SOUZA GONZALEZ
Orientador (a): ANA ZEFERINA FERREIRA MAIO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 1 - Comunicação
Título: CICLO DE PALESTRAS SOBRE PESQUISAS EM ARTES VISUAIS
Resumo: O Ciclo de Palestras é um espaço de ações pedagógicas, de atualização de conhecimento e de formação continuada em Artes Visuais. Para tanto, busca-se promover palestras semanais com temas como: a educação diante das novas mídias, desenvolvimento de metodologias inovadoras, transformações da aprendizagem na sociedade da informação, experiências de pesquisas em arte (envolve todas as áreas de produção artística) e pesquisas sobre arte (envolve todas as formas de discurso histórico, analítico e investigativo que se elaboram sobre as obras e os processos de criação). Este projeto está associado ao IDEA – Espaço de Arte, através de palestras dos artistas. A clientela prevista inclui os acadêmicos e egressos do Curso de Artes Visuais, a comunidade universitária, bem como a comunidade em geral. Assim, o projeto busca reunir processos de ensino, pesquisa e extensão das Artes Visuais.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: PEREIRA, R.; ROSA, I.M; PIVOTO, F.L.; CERON, A; ALVES, L.V.; PEDROSO, A; FERREIRA, C.F.; CHAPLIM, M.J.; CESTARI, M.E.C.; LOUREIRO, M.M.; CÉSAR VAZ; M.R.; BORBA, M.R.; MUCCILLO-BAISCH, A.L;SOARES, M.C.
Apresentador (a):RAFAEL PEREIRA
Orientador (a): MARIA CRISTINA FLORES SOARES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: PRIMEIRA FASE DE CAPACITAÇÃO DOS ATORES QUE PARTICIPAM DO PROJETO VEPOP EXTREMO SUL
Resumo: Este trabalho tem como objetivo relatar a metodologia utilizada e os temas escolhidos para a primeira fase do processo de capacitação dos diversos atores que integram o projeto VEPOP Extremo Sul. Foram realizadas atividades coletivas (em grande grupo) desenvolvidas aos finais de semana e atividades realizadas em grupos menores durante a semana, em três turnos diferentes para permitir a presença de todos. Este primeira parte do processo de capacitação teve duração de aproximadamente 80 horas. Para os encontros coletivos foi proposta a seguinte sequência de atividades: visita às comunidades de atuação do VEPOP; um dia de integração entre todos os participantes e discussão dos princípios do projeto; discussão sobre a educação sob o olhar de Paulo Freire; visita à comunidade Santo Antônio no Bairro Castelo Branco, seguida de caminhada para reconhecimento das comunidades Castelo Branco I, Castelo Branco II e Santa Rita de Cássia e participação na Assembléia da Associação de Moradores; discussão sobre o papel do Movimento Estudantil das universidades públicas; discussão sobre cultura e resgate da memória das comunidades, oficina sobre metodologias para atuação em educação popular e duas oficinas de teatro visita e discussão sobre monumentos históricos dos municípios do Rio Grande e São José do Norte . Nos grupos menores foram trabalhados os seguintes temas: a educação sob olhar de Paulo Freire; participação social da Universidade; educação popular; educação popular em saúde; o SUS, seus princípios e diretrizes; análise crítica sobre o SUS; comunicação e redação de diários de campo.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: KAYO SOARES; FLAVIA LAMBERTI PIVOTO; TALITA WENER; LEILA MOHD SHEIKHA; MARCOS LEMÕES
Apresentador (a):KAYO CEZAR FREITAS SOARES
Orientador (a): MARIA CRISTINA FLORES SOARES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Projeto VEPOP EXTREMO SUL: construindo Diagnóstico Comunitário na Ilha da Torotama
Resumo: A Ilha da Torotama faz parte das comunidades de abrangência do Projeto VEPOP EXTREMO SUL - VER-SUS/ EXTENSÃO: Vivências em Educação Popular no Extremo Sul do Brasil; visando contribuir em mudanças na graduação, formando profissionais mais qualificados à realização de intervenções voltadas às necessidades da população e consolidação do Sistema Único de Saúde, atuando cinco bolsistas e uma facilitadora. Objetiva- se realizar um diagnóstico comunitário, buscando proporcionar a vivência na comunidade e traçar seu perfil social, econômico, cultural e de saúde, servindo de instrumento para planejamento e execução de ações. A metodologia utilizada é o estudo de campo, através de visitas na localidade e encontros junto à Associação de Bairro, comunidade e equipe de saúde, investigando a identificação das necessidades e o estabelecimento de prioridades locais. É uma pequena localidade ribeirinha, possui Unidade de Programa de Saúde da Família, escola de ensino fundamental, mescla de instituições religiosas e salão paroquial onde acontecem encontros sociais. A atividade pesqueira é considera a principal alternativa de renda, havendo certa resistência à introdução de outras opções. A violência, o alto índice de uso de drogas, principalmente entre os jovens, evidenciado pelo grande número de estabelecimentos de venda de bebidas alcoólicas, representa preocupação local, problemas acentuados pela inexistência de posto policial. Nesta fase, embora inicial, percebeu-se uma carência de atividades de lazer, entretenimento, oportunidades de emprego e educação, de atendimento às necessidades, acarretando uma diminuída perspectiva de mudanças, fatores esses agravados pelo difícil acesso a ilha. Concluiu-se que as necessidades da comunidade são amplas e abrangentes, o que justifica a importância de atuação eminente no local.
Bolsa: Outros

Autores: TAZIANE GOMES DO ESPIRITU SANTO; CO-AUTORA DANIELE CORBETTA PILETTI
Apresentador (a):TAZIANE GOMES DO ESPIRITU SANTO
Orientador (a): DANIELE CORBETTA PILETTI
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Curso Básico de Espanhol para a Comunidade
Resumo: Este projeto tem por objetivo principal a realização do estágio supervisionado dos acadêmicos do Curso de Letras Português/Espanhol. Além disso, objetiva também difundir a Cultura e a Língua Espanhola. O curso é destinado à comunidade em geral com a intenção de capacitar pessoas que não podem pagar um curso de idiomas; para que tenham melhores condições para disputar uma vaga no mercado de trabalho. O projeto teve início em 02- 05-06 e término em 29-07-06.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: MARINA DA SILVA SANES; ISAQUIEL MACEDO DA ROSA
Apresentador (a):MARINA DA SILVA SANES
Orientador (a): MARIA CRISTINA FLORES SOARES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Projeto VEPOP: vivenciando o diagnóstico comunitário a partir da prática em educação popular em São José do Norte
Resumo: Projeto VEPOP: vivenciando o diagnóstico comunitário a partir da prática em educação popular em São José do Norte A educação popular vem inscrevendo-se como tentativa de (re)direcionamento no processo de produzir saúde. Diante da problemática social vigente, agravada pelo distanciamento universidade-comunidade, a educação popular na saúde procura sensibilizar o estudante através de uma vivência crítica da realidade, fazendo-o caminhar (junto com a comunidade) na organização e mobilização política dos indivíduos-coletivos, desfavorecidos pela prática e ideologia dominante, buscando a consolidação da saúde de maneira ampliada e uma sociedade igualitária. Este trabalho visou refletir a vivência do grupo de estudantes de diferentes cursos da graduação participantes do projeto de extensão universitária (VEPOP), no contexto da educação popular, objetivando realizar um diagnóstico das comunidades de atuação do projeto. A pesquisa se deu por observação participante, sendo o campo de atuação os bairros João Landel e Guarida em São José do Norte. Em contato com os diferentes espaços e atores das comunidades, alguns pontos ganharam destaque: falta de saneamento básico, ineficiência da atenção à saúde e à educação, falta de trabalho e fomento à geração de renda. A vontade de ação/transformação era imensa, acabando por gerar certas contradições. Para alguns estudantes eram evidentes os problemas, todavia para outros a própria comunidade deveria manifestar tais problemas. A dinâmica de levantamento de problemas foi realizada em conjunto com o Plano Diretor, causando frustração nos participantes do projeto pela maneira fechada como foi conduzida por aqueles, em contraposição à prática de educação popular. Nota-se, dessa forma, que a vivência proporcionou diferentes ângulos de posicionamentos acerca da mesma realidade, bem como colaborou para a integral formação universitária (ensino, pesquisa e extensão), instigando questionamentos enriquecedores dentro do grupo, e melhor ótica de ver o mundo no qual se está inserido. Autor: Marina da Silva Sanes Isaquiel Macedo da Rosa
Bolsa: Outros

voltar

Autores: MARINEZ MORAL MONTANA
Apresentador (a):MARINEZ MORAL MONTANA
Orientador (a): MANOEL FROHLICH HENRIQUE
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 3 - Direitos Humanos
Título: Adaptação das Instalações do Núcleo de Informação e Documentação á Acessibilidade dos Portadores de Necessidades Especiais.
Resumo: O acesso à informação de portadores de necessidades especiais, encontra limitações devido a obstáculos do cotidiano. Acreditando na possibilidade de transpor esses obstáculos, este projeto de extensão está sendo elaborado na busca de contribuir com a inclusão social, no ambiente acadêmico, permitindo à acessibilidade de deficientes físicos, dentro do âmbito do Núcleo de Informação e Documentação (NID), orgão esse pertencente à Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Através de análise da estrutura atual e da comparação dessa, com a orientação padrão vigente constatou- se que, as modificações no espaço da biblioteca são necessárias. Para a criação de propostas cabíveis e de acordo com a realidade do Núcleo, a fundamentação utilizada e a norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas: NBR9050, na legislação brasileira e também em bibliografias relacionadas. Segundo dados fornecidos pela Pró-reitoria de Graduação, na atual comunidade acadêmica encontram-se quatro portadores de deficiência. O projeto encontra-se em fase de andamento, estando mais precisamente concluída a primeira parte de análise bibliográfica e iniciada a segunda parte de entrevista com o público na busca de obter informações,opiniões e vivências de expericiências, para assim substanciar com fatos e acontecimentos reais esse trabalho.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: JUREMA DA GRAÇA SANTOS DE ABREU / SHIRLEY OLIVEIRA DE SOUZA
Apresentador (a):JUREMA DA GRAÇA SANTOS DE ABREU
Orientador (a): SUSIE ENKE ILHA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: AQUISIÇÃO DA ESCRITA: UMA ABORDAGEM FONOLÓGICA
Resumo: Este projeto trata-se de um curso e tem por objetivo evidenciar que o conhecimento da fonologia da Língua Portuguesa pode auxiliar professores a compreenderem as dificuldades encontradas por sujeitos adquirindo a escrita do Português e amenizá-las mediante a utilização de procedimentos envolvendo consciência fonológica. O publico-alvo são alunos de gradução do curso de Letras e de Pedagogia e professores de anos iniciais. São apresentados os seguintes tipos de erros de escrita: erros devido ao reflexo da fala; erros devido às convenções ortográficas do Português; erros devido à ocorrência de processos fonológicos (não-produção, metátese e substituições), analisados sob o enfoque da Teoria da Sílaba (1982). Esses processos foram observados na escrita inicial de crianças, jovens e adultos. Com base em Adams et al. (2006) e Capovilla & Capovilla (2000), os procedimentos para desenvolver consciência fonológica seguem um contínuo de atividades lúdicas: sensibilização para o som, jogos com rimas (poesia), jogos envolvendo a consciência silábica, os constituintes silábicos – ataque simples e complexo e rima formada por núcleo e coda e os fonemas.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: VASCONCELLOS, S. S. FARIAS, D. S. OLIVEIRA, E.
Apresentador (a):SUELI DOS SANTOS VASCONCELLOS
Orientador (a): CLAUDIO RENATO MORAES DA SILVA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: ORGANIZAÇÃO DA BIBLIOTECA DO SINDICATO DOS EMPREGADOS DE EMPRESAS DE VIGILÂNCIA DE RIO GRANDE
Resumo: O presente projeto expõe a realização da organização da biblioteca do Sindicato dos Empregados de Empresas de Vigilância de Rio Grande, atendendo assim sua solicitação e da mesma forma, as necessidades de seus futuros usuários na busca pela informação, ou seja, visando proporcionar cultura, lazer e informação. Durante um semestre o acervo foi organizado, catalogado e classificado de maneira simplificada, porém eficiente, de maneira que possa vir a atender a todas as solicitações dos usuários sem a presença permanente de um profissional da biblioteconomia. Destacamos a relevância deste projeto em virtude do incentivo à leitura e a disseminação da informação aos novos usuários da biblioteca em questão, a fim de que possam ter o acesso à informação, que atualmente é algo de grande importância para toda a sociedade na qual estamos inseridos.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: CLÁUDIO ILSON RAMOS MACIEL; ROSELI APARECIDA DA SIVA NERY; SÉRGIO CRUZ; KÁTIA GONZALEZ; LIDIANE PEDROSO MELO.
Apresentador (a):LIDIANE PEDROSO MELO
Orientador (a): ROSELI APARECIDA DA SILVA NERY
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: IDEA - Espaço de Arte
Resumo: O projeto IDEA – Espaço de Arte, mantido pelo DLA, teve início em 2003. Tem como objetivo aproximar a produção em arte contemporânea à comunidade universitária, bem como a comunidade em geral. Sua principal meta é a educação e a sensibilização do olhar através da arte. O projeto inclui a organização de calendário anual, seleção de trabalhos, montagem e divulgação de exposições, contemplando a produção de artistas locais e de outras regiões, principalmente do Sul do País. Com média de 8 a 10 exposições ao ano, o projeto conta com aproximadamente 150 visitantes por mostra. Através do encontro com o artista, realizado no dia da abertura da exposição, que é aberto a toda comunidade é proporcionado ao público mais uma oportunidade de construção do conhecimento por meio da arte. O espaço de exposição localizado dentro do Centro de Convivência apresenta-se como um ponto de encontro com a produção cultural, de fácil acesso, proporcionando um ambiente adequado para o debate em arte.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: DIAS, D.L.; CUNHA,L.A.; LABORDE, A.L.P & BORTHEIRY, AL.
Apresentador (a):ANDRÉ LUIZ PORTANOVA LABORDE
Orientador (a): AÍDA LUZ BORTHEIRY MEIRELLES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: CAMINHOS FEMININIOS: UM ESTUDO SOBRE A MULHER E SEU PAPEL NA UNIVERSIDADE, DESAFIOS AO REDOR DA QUESTÃO DO GÊNERO. NÚCLEO DE MEMÓRIA - NUME -
Resumo: Introdução - As raízes do feminismo se apresentam através de todo o processo de luta percorrido pela mulher a partir Dia Internacional da Mulher, oito de março de 1857. Objetivo - O presente trabalho tem por objetivo abordar o ensino superior e a mulher, focando as singularidades da presença feminina na universidade. Em uma tentativa de analisar as diferentes percepções acerca das relações de gênero voltadas ao ambiente acadêmico, buscamos identificar qual o papel da mulher nessa atmosfera. Metodologia - Partimos da análise da pesquisa realizada pelo NUME-PROACE, a respeito e em comemoração ao dia Internacional da Mulher de 2005, quando foi oportunizado um espaço de discussão em torno das questões de gênero, através de uma mesa-redonda realizada a fim de trazer à tona a emergência, a informação e a reflexão acerca da realidade feminina que se torna cada vez mais latente na vida universitária e cidadã. Resultados - Num primeiro momento, pesquisamos através do arquivo do NUME, o número de mulheres que ingressaram nas cinco faculdades que originaram a universidade. Verificamos que estas se encontraram presentes apenas nas Faculdades de Direito “Clovis Beviláqua” e de Filosofia (cursos de pedagogia, letras e ciências e outros), constatando-se a problemática que marca a entrada da mulher na universidade. A partir dessa análise procurou-se mais informações a respeito da presença feminina na universidade. Num segundo momento, o estudo investiga a relação do gênero com a universidade, identificada através de suas docentes, alunas, ex-alunas e funcionárias, promovendo entrevistas semi-estruturadas dirigidas às mulheres que se destacam nas atividades extensionistas da FURG. Conclusão - A relevância social somente vem a enaltecer o papel da mulher em nossa sociedade, resgatando e contemplando a inserção de saberes e conhecimentos ao redor da mulher, traçando um diálogo com a interdisciplinaridade e com a inclusão social.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: MARA LÚCIA DE BARROS LONGARAY
Apresentador (a):MARA LÚCIA DE BARROS LONGARAY
Orientador (a): GABRIELA MEDEIROS NOGUEIRA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Reavivando a Literatura Infantil na Rotina da Escola
Resumo: O projeto aconteceu no período entre 30/03/2006 a 22/06/2006, na FURG. A idéia de se realizar um projeto desse porte partiu de um outro projeto de ensino realizado pelas alunas da disciplina Fundamentos e Metodologia da Língua Portugues que se chamava "A hora do conto". Nele as alunas escolheriam uma ou duas histórias para contarem numa turma de primeira a quarta série e logo após planejar uma atividade relacionada com a história. No momento em que a proposta foi feita, vários questionamentos surgiram. Inúmeras foram as questões e ansiedades em relação ao que fazer, sendo que pouco era o espaço destinado a esse universo de indagações. Portanto, surgiu a idéia de se elaborar um projeto de extensão que desse conta dessas angústias, ou pelo menos parte delas. O projeto teve como objetivo principal proporcionar aos profissionais da Educação Infantil, dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e alunos dos cursos de Pedagogia o contato mais direto com a literatura infantil e contos de fadas a fim que conheçam, motivem-se e proporcionem aos seus alunos uma aprendizagem pautada na riquesa de um trabalho a partir de histórias pode proporcionar.Pensando assim, o projeto foi organizado de forma diversificada onde cada encontro foi trabalhado numa pespectiva diferente incluindo filmes, oficinas, seminário, contos de fadas, um olhar da psicanálise, da arte, da história, relato de experiências, etc. Através de dez encontros semanais de quatro horas, os participantes tiveram a possibilidade de aprofundarem teoricamente vários aspectos que envolvem a literatura infantil e sua importância no processo de desenvolvimento das crianças. Tiveram também a possibildade de vivenciarem através de audição de histórias, filmes, dramatizações, situações que sejam significativas, a fim de se mobilizarem e vislumbrar propostas de trabalhos voltados para desenvolverem com crianças.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: COSTA,E.D.P.;FERREIRA,J.C.R.;ROSA,A.A.;BAUER,M.A.L.;C OSTA,R.M.;ROLDAO,L.B.;RASERA,J.F.A.;COUSIN,V.P.B.;GUEDES,G.F;FERREIRA,I.M.M;DUARTE,R.F;SANTOS,C.C;FREITAS,T.L;
Apresentador (a):ALINE ANJOS DA ROSA
Orientador (a): EDER DION DE PAULA COSTA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 8 - Trabalho
Título: INCUBARORA TECNOLÓGICA DE COOPERATIVAS POPULARES
Resumo: O projeto “Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares” em convênio com a FINEP é executado na Micro Região Sul e tem como objetivo prestar apoio e assessoria a grupos de economia solidária, através de incubagem, visando o desenvolvimento, sócio-econômico-cultural e humano, contando com a parceria da Emater, do Nema, do Capa e da Prefeitura Municipal de Santa Vitória do Palmar. O projeto tem como proposta desenvolver estudos referentes ao mundo do trabalho, direcionando sua ação para a área da Economia Solidária e a empreendimentos que atuam de forma cooperada ou grupos da comunidade com este interesse. O trabalho é realizado a partir da incubagem de cooperativas, associações ou grupos informais, o que se dá através de consultorias, cursos, oficinas palestras, apoio técnico e acompanhamento sistemático a projetos que tenham como objetivos a geração de trabalho e renda associada a organização comunitária e o desenvolvimento sustentável com a promoção dos recursos humanos e visando a melhoria da qualidade de vida e a construção da cidadania coletiva. O referido projeto possui previsão para execução de dois anos e seis meses, iniciou suas atividades em junho de 2004 e tem como meta atender vinte empreendimentos. No momento estão sendo atendidos dezessete empreendimentos, os quais já participaram em sua maioria de cursos de cooperativismo e associativismo; oficina de planejamento; oficina de formação do custo de produção; e oficina de Marketing e comercialização, além da participação em congressos, conferências e outros seminários de atualização.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: FÁBIA MICHELLE DA SILVEIRA PEREIRA / ELISABETH BRANDÃO SCHIMDT
Apresentador (a):FÁBIA MICHELLE DA SILVEIRA PEREIRA
Orientador (a): ELISABETH BRANDÃO SCHMIDT
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Um novo olhar sobre a fotografia
Resumo: Este projeto teve como objetivo principal a realização de uma proposta de ensino baseada nos três eixos da aprendizagem significativa em arte: a experiência do fazer, do apreciar e do contextualizar (PCN-Arte), utilizando a Fotografia e, como objetivos específicos o aprofundamento do conhecimento do estudante sobre a fotografia, a realização de atividades que permitissem o desenvolvimento da imaginação, percepção e observação, visando a sensibilização do olhar, bem como a criação de condições para que os estudantes pudessem desenvolver o seu próprio fazer artístico. A metodologia desenvolveu-se da seguinte maneira: exposição dialogada, exploração de recursos visuais e discussão sobre a história da fotografia e pinhole, exibição de filme discussão sobre o filme assistido, leitura de imagens fotográficas, experimentação com câmara mecânica (semiprofissional) e digital, construção de câmara Pinhole, montagem de laboratório fotográfico, manipulação de material fotossensível, saída de campo para fotografar, revelação e positivação de negativos e avaliação. O projeto foi desenvolvido com alunos do CAIC-Furg, em encontros de 3horas semanais, totalizando 21horas. As ações deste projeto permitiram aos participantes uma melhor compreensão do processo fotográfico e apontaram uma nova forma de representação da realidade e percepção do mundo, visto que estes, puderam tomar parte de todas as etapas envolvidas neste procedimento, desde o manuseio de câmaras fotográficas, construção de seu próprio equipamento de obtenção de imagem (Câmara Pinhole) passando pela montagem do laboratório, pondo em prática o conhecimento teórico adquirido durante as oficinas, além de possibilitar relações com outras disciplinas, como por exemplo, química e física. Este projeto possibilitou a ampliação do acesso à fotografia, pois mostrou que é possível obter imagens mesmo sem o uso de equipamentos tradicionais, tornando viável o uso da fotografia nas escolas, bem como, contribuiu para o enriquecimento do olhar do estudante, tornando-o mais crítico e reflexivo em relação às imagens que estão a sua volta.null
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: RITA DE CÁSSIA GRECCO DOS SANTOS RINALDI, LUIZ BESSOUAT LAURINO, REJANE MARIA SILVEIRA LOPES, ÁLVARO LUÍS ÁVILA DA CUNHA, JAÇANÃ EGGRES PANDO
Apresentador (a):JAÇANÃ EGGRES PANDO
Orientador (a): RITA DE CÁSSIA GRECCO DOS SANTOS RINALDI
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Inserção Cidadã na Vida Universitária
Resumo: A necessidade de articulação deste Curso surgiu a partir do reconhecimento da demanda em desenvolver ações voltadas à atenção problemas de ordem social, emocional e psicológica dos acadêmicos ingressantes na universidade – “Calouros” – em função de muitos problemas desta ordem afetarem diretamente o rendimento e a permanência destes estudantes no espaço acadêmico, além é claro da relevância dos mesmos desenvolverem um sentimento de pertença à Universidade e à construção de uma identidade coletiva entre eles, contribuindo e intervindo neste novo espaço. Desta forma, o Projeto “Inserção Cidadã na Vida Universitária” busca fortalecer a percepção do acadêmico enquanto sujeito histórico, pertencente a um grupo social, agente de transformações, identificando-o ao processo institucional que incide sobre sua própria vida. Portanto, tem por objetivo apresentar a Estrutura Organizacional da FURG, fomentar a participação do acadêmico na construção coletiva da política universitária e resgatar valores de cidadania, ética e respeito visando criar vínculos mais intensos entre os acadêmicos e destes com a comunidade universitária. Outro fator relevante à execução do projeto é a possibilidade de minimização do sentimento de insegurança em relação às novas situações de vida ocasionadas pelas transformações atuais no mercado de trabalho, como afirmam Haerter e Santos (2003). Trata-se de uma temática que emerge não somente de inúmeras discussões articuladas principalmente pelos membros da PROACE/FURG, mas também de indicativos de comportamento dos novos acadêmicos, procurando atender a um debate histórico no campo da educação brasileira, tendo em vista a carência de dados qualitativos acerca da questão da inserção e permanência dos calouros no espaço universitário. Nessa perspectiva, definiu-se a organização de dez encontros, de duas horas cada, abrangendo as seguintes temáticas: Estrutura Organizacional da FURG, Política de Assistência Estudantil, Participação Estudantil na Política Universitária, Política Estudantil, A Universidade Adormecida, Contexto Social, Compromisso e Transformação, Grupo, Coletivo e Comunidade e Relações Interpessoais.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: BASTOS, J. T.; ROSA K. M.
Apresentador (a):JORGE TIAGO BASTOS
Orientador (a): CLÁUDIO RODRIGUES OLINTO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 9 - Outra
Título: AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES ACÚSTICAS DA PRAÇA COBERTA DO CENTRO DE CONVIVÊNCIAS DA FURG
Resumo: A praça coberta do Centro de Convivência da Fundação Universidade Federal do Rio Grande, inaugurada no ano de 2000, é um local destinado à confraternização dos alunos e demais membros da comunidade acadêmica. Sendo assim, trata-se do ponto de encontro mais usual do Campus Universitário. Além disso, tal espaço também é utilizado como um ambiente de uso múltiplo, no qual freqüentemente são realizadas palestras, apresentações musicais e comunicados em geral. Portanto, para o bom andamento de tais atividades, a percepção do som deve dar-se de forma clara e audível, o que não ocorre, pois o ambiente não está adequado acusticamente para todos os tipos de atividades que nele são realizadas. Tal fato tem como decorrência à dificuldade de compreensão do som que se quer transmitir, devido a perturbações sonoras (ecos e outras distorções acústicas). Em razão disso, faz-se necessário um tratamento acústico para atingir uma boa qualidade sonora, melhorando a inteligibilidade do som e satisfazendo as condições acústicas almejadas para a atividade a ser exercida. Por isso, o estudo tem como objetivo caracterizar a qualidade acústica da praça coberta, considerando seu tempo de reverberação assim como suas características espaciais e geométricas. Neste caso foi dada ênfase ao tratamento das superfícies, através de materiais absorventes para evitar reflexões excessivas, e localização das mesmas, tendo em vista a adequação do tempo de reverberação da praça ao seu objetivo funcional. Poucas alterações podem ser propostas quanto à geometria do ambiente, já que ele está inserido em um prédio com usos diversos e onde existem limitações de ordem financeira.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: FERREIRA, F.; MENESES, M.N.; MARIMON, J.O.; AMARANTE, DC;EBLING, SS;SANTOS,VF; BUCHNER, E; SOARES, M.C.F.
Apresentador (a):MICHELE NEVES MENESES
Orientador (a): MARIA CRISTINA FLORES SOARES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: VEPOP Extremo Sul - VER-SUS/Extensão - Um diagnóstico comunitário nos bairros Profilurb, Nossa Senhora de Fátima, Recreio e São João - Nota Prévia
Resumo: Uma das atividades previstas para o Projeto VEPOP: Vivências em Educação Popular no Extremo Sul do Brasil, que tem como objetivo principal estimular a integração entre universidade, comunidade e os gestores de saúde, é a realização de um diagnóstico comunitário junto com as comunidades de atuação do projeto O grupo que atua no Bairro Profilurb, Nossa Senhora de Fátima, Recreio e São João é composto por cinco bolsistas efetivos (enfermagem (2), biologia, direito, medicina) e um voluntário (história) auxiliados por um facilitador do curso de matemática. Este trabalho tem como objetivo apresentar uma análise inicial do diagnóstico realizado desde julho de 2006 naquelas comunidades. Como metodologia para a coleta das informações foram utilizados: consulta a uma monografia produzida na instituição sobre a região, reuniões com moradores antigos dos bairros, encontros com a equipe de saúde e conselho local de saúde. Foram identificadas como principais demandas no Bairro Profilurb: criação de um espaço físico para instalação de uma brinquedoteca e realização de oficinas de artesanato, teatro, e atividades com idosos; e apoio jurídico para criação de uma ONG. Já no Bairro Nossa Senhora de Fátima: re-estruturação da diretoria da associação de moradores e a construção de uma sede para a mesma, espaço para recreação e lazer para crianças e jovens e retorno do acompanhamento nutricional das crianças e produção da multimistura. Embora ainda não tenha sido realizado o diagnóstico nas outras duas comunidades os dados colhidos até o momento mostram o desafio a ser enfrentado pelo grupo para o desenvolvimento de ações de educação popular que estimulem a autonomia dessas comunidades para a busca da resolução das suas necessidades.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: CLEUZA MARIA SOBRAL DIAS,GEORGETTI ANTIQUEIRA OLIVEIRA,SABRINA DAS NEVVES BARRETO,RITA DE CASSIA GRECCO DOS SANTOS RINALD,SILVANA MARIA BELLÉ ZASSO,ALEXANDRE COUGO DE COUGO,MONIA GONÇALVES COELHO
Apresentador (a):GEORGETTI ANTIQUEIRA OLIVEIRA
Orientador (a): CLEUZA MARIA SOBRAL DIAS
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Percurso na Construção de Saberes e Práticas de Professoras no Contexto dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental
Resumo: A comunicação “Revisitando a infância: memórias de professores” tem o propósito de apresentar as oficinas realizadas com professoras dos anos iniciais de uma escola do Bairro Castelo Branco I, situada no entorno da FURG. As oficinas fazem parte do projeto de pesquisa “Percursos na construção de saberes e práticas de professoras no contexto dos anos iniciais do ensino fundamental” , que têm por objetivo oportunizar as professoras que, através dos processos vivenciados na infância, reflitam a respeito de sua prática pedagógica, considerando que tais experiências influenciam nos saberes da docência e, conseqüentemente, no modo de ser e estar na profissão. Neste sentido ressalta Arroyo (2000), que a imagem de educador não é inventada por eles, nem aprendida apenas nos cursos de formação, mas é, sim, sua imagem social, seu papel cultural, aprendido em suas experiências, enquanto mãe, filha, irmã, ou seja, em outros papéis sociais. Essas oficinas, que se constituem em atividade de formação continuada, são desenvolvidas a partir da contação de histórias, audição de músicas, leituras diversas e debates. Durante o desenvolvimento das mesmas é possível observar que as lembranças das infâncias das professoras são sempre acompanhadas de reflexões, exclamações e interrogações, expressas por palavras, gestos, sorrisos, demonstrando que o processo de narrar envolve uma reconstituição das experiências passadas a partir dos significados construídos no momento presente. As experiências vivenciadas mostram a relevância do trabalho proposto e apontam caminhos para a continuidade do processo de formação e da pesquisa, no sentido de rever a construção de saberes das professoras, numa relação entre a história de vida de cada uma delas e a de seus alunos.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: MENDES, VANDENCI; RAMOS, MARCELO; CIPRIANO, DIEGO ;SILVA, AGNALDO GONÇALVES E , COUGO, ANA;MARCHESE, GRAZIELE VELLER; TROCA, RENATA ÁVILA;COUGO, ALEXANDRE COUGO DE
Apresentador (a):RENATA AVILA TROCA
Orientador (a): ALEXANDRE COUGO DE COUGO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Grupo de Estudos Paidéia
Resumo: O presente projeto de extensão, organizado e desenvolvido pelo Núcleo em Educação de Jovens e Adultos – NEEJA-FURG, centraliza suas atividades no atendimento às necessidades de formação continuada de jovens e adultos egressos do ensino médio público de nossa cidade, Rio Grande, e de região. Atores sociais eu buscam um aprofundamento de seus estudos tendo como finalidade à aprovação junto ao processo seletivo “vestibular”. O peso da monstruosa desigualdade social presente em nossa sociedade, aliada Pa contínua e amarga opressão exercida pelos detentores dos meios de produção sobre a grande massa oprimida reforça a urgência por uma educação que rompa com a lógica estrutural de manutenção de uma ideologia manipuladora e alienante. A educação libertadora tende resgatar nos sujeitos históricos seu papel na construção de um mundo igualitário e justo. Juntamente as atividades extensionistas, o projeto prevê a possibilidade de um espaço aberto para práticas de ensino aos acadêmicos dos mais diferentes cursos de licenciatura, bem como o desenvolvimento de pesquisas investigativas da prática educativa, em um constante questionar e refletir das vivências de educadores e educandos
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: ROSA, A.A.; ANTUNES, A.G.; FREITAS, T.L.; KRAUZER, J.R.O.
Apresentador (a):TIAGO LARROSA FREITAS
Orientador (a): DARLENE TORRADA PEREIRA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 8 - Trabalho
Título: Trocas Solidárias: uma proposta de relação com a produção e consumo
Resumo: O Projeto Clube de Trocas desenvolvido pelo Núcleo de Desenvolvimento Social e Econômico visa fomentar a organização e a formação de Clubes de Trocas, a partir da proposta das Trocas Solidárias, prestando assessoria, acompanhamento e suporte metodológico a esses. As trocas solidárias são uma alternativa para a inserção social na medida em que criam novas oportunidades de produção e consumo sem o uso do dinheiro. Nesse sentido, ajudam a combater a pobreza e melhorar as condições de vida da população, promovendo a reeducação econômica da comunidade, a partir de princípios éticos de cooperação, distribuição da riqueza, apoio mútuo e autogestão. Elas estimulam novas práticas de consumo baseado em princípios ecológicos, buscando atender tanto as necessidades materiais quanto as afetivas, promovendo o bem viver dos sujeitos sociais envolvidos. Uma das formas de praticar as trocas solidárias são os clubes de trocas onde, as pessoas trocam, entre si, produtos, serviços e saberes pela troca direta ou fazendo uso da moeda social como instrumento de intermediação. A metodologia adotada pelo projeto envolve o processo reflexivo sobre o mercado vigente, realizado por meio de oficinas de sensibilização e a experiência vivenciada, o que ocorre nos mercados e clube de trocas. As experiências envolvendo trocas em feiras de Economia Solidária já foram realizadas nas cidades de Santa Maria e Santa Vitória do Palmar, além disso, o aumento da adesão aos clubes de trocas e a participação em eventos de extensão da universidade, demonstraram a viabilidade da proposta. Atualmente, o projeto assessora os clubes de trocas do Rio Grande e do Cassino, apóia a formação de clubes nos bairros Castelo Branco II, Cibrazém e Boa Vista I e realiza mensalmente mercado de trocas solidárias de livros dentro do campus da universidade, além de participar da Rede Estadual de Trocas Solidárias (RETS).
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: TÁSSIA DIAS FURTADO, PABLO FIGERIO NETO, CLÁUDIA MARIZA MATTOS BRANDÃO, ELISABETH BRANDÃO SCHMIDT
Apresentador (a):TÁSSIA DIAS FURTADO
Orientador (a): CLÁUDIA MARIZA MATTOS BRANDÃO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: APROPRIAÇÕES: AS MANIFESTAÇÕES DO GRAFFITI E A (RE)SIGNIFICAÇÃO DO URBANO
Resumo: O presente projeto busca promover a qualificação dos debates sobre a prática do Graffiti, levando para o espaço educacional a reflexão sobre as questões sócio-culturais e seus impactos ambientais, além de aprofundar conhecimentos sobre um grupo social específico, o dos grafiteiros que atuam no balneário Cassino, através do acompanhamento e registros, em vídeo e fotografia, das suas práticas, e da realização de entrevistas. A partir da análise do material coletado, será promovido um debate, na Escola Silva Gama, entre os grafiteiros e o público escolar, finalizando as atividades com a prática da grafitagem, na Praça Dídio Duhá. Através dessas atividades, vislumbramos a possibilidade de melhor entender essa escritura espontânea que utiliza a expressão como ferramenta discursiva, além de promover discussões sobre um imaginário compartilhado e um espaço urbano muitas vezes ultrajado. Mais que tudo buscamos integrar ações que viabilizem uma tomada de consciência acerca da degradação nas relações do homem urbano com seu meio, e da emergência de uma nova consciência cidadã.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: SABINE ABEL NUNES
Apresentador (a):SABINE ABEL NUNES
Orientador (a): PAULO RICARDO FEITAS DE ALMEIDA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 1 - Comunicação
Título: FURG TV, administrando a mudança e a nova identidade
Resumo: O projeto visa apresentar a nova identidade da FURG TV e analisar as transformações ocorridas, ressaltando o papel da administração neste cenário e demonstrando os diferentes aspectos resultantes de uma mudança organizacional. A FURG TV é uma televisão universitária de caráter educativo e cultural, a qual objetiva não apenas informar, mas também formar uma consciência critica na comunidade regional, principalmente universitária. Até o início de 2006 e ainda sob o nome de TV FURG, a tv exibia uma programação formatada nos padrões comerciais, sem responsabilidade de divulgar o órgão maior no qual está inserido: a Universidade. A organização da unidade e a administração da grade de programação destoavam da missão geral e conferiam a tevê um caráter diferente do esperado de uma televisão universitária. A comunidade da FURG - composta por técnicos, professores e estudantes - não se identificava com a TV, desconhecendo-a em muitos casos. Os próprios integrantes da tevê encontravam-se desmotivados e sem a consciência de seu papel na organização. Percebida a necessidade de mudança e a fim de provocar melhorias no desempenho da TV e na resposta do público, iniciou-se um processo de reorganização. As modificações foram notórias e a resposta da comunidade foi imediata. Através da participação de todos os seus membros, a FURG TV redefiniu sua missão, a programação foi amplamente estudada e os conteúdos exibidos passaram a ser analisados de forma mais rígida pelos produtores. A grade de pessoal também foi alterada, permanecendo apenas aqueles que concordavam e entendiam a nova proposta da TV. Atualmente, a FURG TV cumpre seu papel de tevê universitária preocupada com o desenvolvimento de cidadãos pensantes, com a transmissão de programas com conteúdo de qualidade e com a exposição dos fatos de maneira imparcial. O trabalho ainda não está terminado, mas os resuatados parciais são muito satisfatórios.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: GONÇALVES, E; ALMEIDA, M; SILVEIRA, J.
Apresentador (a):JULIANA LOPEZ SILVEIRA
Orientador (a): ERABÉTIA SIMÕES GONÇALVES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: A Equipe do CAIC no Combate às Doenças Parasitárias
Resumo: Este projeto tem como objetivo a promoção da saúde da comunidade escolar do Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente - CAIC, através de ações educativas de prevenção e controle das doenças parasitárias de maior incidência (Pediculose, Escabiose e Tunga Penetrans) na população de abrangência. Estas ações são realizadas através de oficinas de acordo com a faixa etária e o nível de interesse, usando dinâmicas como: dramatização, teatro de fantoches, estórias, palestras, debates, jogos, distribuição de material educativo e visitas às comunidades. Estas atividades são desenvolvidas em sala de aula com os estudantes e com seus familiares na sala de vídeo ou teatro, assim como na própria comunidade com ambos os grupos. Quando necessário, é realizada consulta médica e fornecida a medicação. Como o projeto é permanente, e abrange desde a Educação Infantil até a 8ª série do Ensino Fundamental, observa-se uma sensível melhora na incidência dessas parasitoses, bem como um bom desenvolvimento no processo de conscientização dessa população no que diz respeito ao objetivo proposto.
Bolsa: FURG

voltar

Autores: SAGGIOMO T. G.
Apresentador (a):THAÍS GONÇALVES SAGGIOMO
Orientador (a): DARLENE TORRADA PEREIRA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Agente Jovem
Resumo: O projeto faz parte de uma política pública implementada pelo Governo Federal chamada Programa Agente Jovem. Em Rio Grande é coordenado pela Secretaria Municipal de Cidadania e Ação Social – SMCAS e esta sendo executado em parceria com a Universidade. Sua meta, para 2006 é atender 25 adolescentes em condições e circunstância de vulnerabilidade social, na faixa etária de 15 a 17 anos através de oficinas, vivências na comunidade, cursos, palestras, apresentações artísticas e encontros de formação. O trabalho é realizado por uma equipe interdisciplinar de educadores sociais considerando aspectos de formação para a cidadania que estimulem o conhecimento e compreensão da realidade de forma crítica, proporcionando-lhes as bases iniciais para atuarem como agentes multiplicadores de cidadania, sendo capazes de intervir na busca das mudanças sócio-econômica, necessária ao exercício da cidadania plena. Por outro lado, visa também, propiciar um espaço educativo de preparação para trabalho profissional, contemplando vários aspectos referentes ao despertar do adolescente para a convivência em um ambiente social menos opressor que contribua, sobremaneira, para uma mudança a partir do seu dia-a-dia, resgatando valores de dignidade, solidariedade, respeito e co-responsabilidade social. Ainda que em processo de desenvolvimento, percebemos a interação do grupo e seu amadurecimento nas ações multiplicadoras, situação que demonstra-se através do comprometimento dos adolescentes para com as atividades desenvolvidas junto aos diferentes públicos atendidos. null
Bolsa: Outros

voltar

Autores: SANTORUM, J.A., ROLÃO, C.G., CORRÊA, V. & BAUMGARTEN, L.Z.
Apresentador (a):CARLA GALLARRETA ROLÃO
Orientador (a): GIOVANA CALCAGNO GOMES
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Sistematização da Assistência de Enfermagem em paciente com Cor
Resumo: Este trabalho trata-se de um estudo de caso realizado durante a disciplina de Prática de Enfermagem no quarto semestre do curso de Enfermagem e Obstetrícia. Teve por objetivo relacionar a teoria com a prática oportunizando a sistematização da assistência de enfermagem (SAE) a um paciente portador de Cor pulmonale. Escolheu-se este caso em particular devido à baixa freqüência de internações de pessoas portadoras dessa patologia. Foi operacionalizado através da leitura do prontuário da paciente, entrevista, onde foi aplicado um questionário, no qual foram coletados dados para a realização do Histórico de Enfermagem, investigando e conhecendo, hábitos individuais e biopsicossociais realizou-se, também o exame físico. De posse dos dados realizou-se a Prescrição de Enfermagem que direcionou e coordenou a assistência de forma individualizada e contínua. Trata-se de uma paciente do sexo feminino, 30 anos, HIV positivo; com Hepatite C; Miocardiopatia dilatada; Hipertensão arterial Sistêmica e cianose perilabial. Como diagnósticos de enfermagem identificou-se: Troca de gases prejudicada; Dor; Mobilidade física prejudicada; Déficit no volume de líquidos;Distúrbio no padrão de sono;Controle ineficaz do regime terapêutico: individual; Alteração na nutrição: risco para menos do que o corpo necessita; Déficit no auto cuidado: banho/higiene;Ansiedade e Integridade da pele prejudicada. Através da realização deste estudo acredita-se ter conseguido sistematizar a assistência de enfermagem para esta paciente de forma individualizada e efetiva ao portador de Cor Pulmonale. A Sistematização da assistência possibilita ao profissional enfermeiro uma atuação mais autônoma, humanizada e qualificada. Para nós alunos, para os professores e para a equipe de enfermagem da Unidade de Clínica Médica do HU este trabalho propiciou um maior conhecimento sobre esta patologia e os cuidados necessários ao paciente. Trouxe-nos maior experiência e segurança fundamentando a SAE como instrumento de trabalho da Enfermagem.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: CARLOS PRENTICE, JORGE ALBERTO, MARIO ROBERTO CHIM FIGUEIREDO, RODRIGO M. COSTA, CRISTINA FLORES, LUIS POERSCH
Apresentador (a):AUGUSTO MINASI COCIAN
Orientador (a): DARLENE TORRADA PEREIRA
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 7 - Tecnologia
Título: Fontes Protéicas: Produção de Alimentos Como Alternativa para Segurança Alimentar e Geração de Trabalho e Renda na Metade Sul do RS
Resumo: Para a realização do projeto Fontes Protéicas: Produção de Alimentos Como Alternativa para Segurança Alimentar e Geração de Trabalho e Renda na Metade Sul do RS, associaram-se diversas áreas do conhecimento, integrando ensino, pesquisa e extensão em um projeto institucional, visando realizar ações que contribuam, efetivamente, para o desenvolvimento sustentável e segurança alimentar de populações carentes. Como estratégia de desenvolvimento, o projeto apresenta duas linhas gerais de ação: a geração de trabalho e renda através de Empreendimentos de Economia Solidária (EES) oriundos da implantação de cultivos e da instalação de uma Unidade para Processamento de Pescado; e o combate à desnutrição infantil, pela introdução de alimentos hiper protéicos enriquecidos com Spirulina e Multimistura na merenda escolar de três escolas do Rio Grande. As ações do projeto visam integrar a Universidade e entidades da sociedade civil organizada, estimulando o protagonismo social e a co-responsabilidade. Para tanto, o projeto repassará tecnologias de implantação de cultivos de peixe e camarão para pescadores artesanais e pequenos produtores rurais dos Municípios de São José do Norte, Rio Grande e Santa Vitória do Palmar e, ainda, a capacitação desses para a agregação de valor ao pescado pela elaboração de Surimi e formulação de alimentos como salsichas, nuggetts e outros. Os grupos receberão assessoramento para a formação como EES e acompanhamento da produção, distribuição e comercialização dos produtos. Está prevista, também, a capacitação de merendeiras de escolas públicas desses municípios, na formulação de Multimistura e elaboração de merenda escolar, enriquecida com Multimistura e/ou Spirulina, bem como o fornecimento dessa merenda e o acompanhamento das condições de saúde e desempenho escolar das crianças atendidas. Assim, a FURG, com o apoio da Petrobrás, contribuirá na qualidade nutricional da população atendida, qualificando e profissionalizando o potencial humano das comunidades carentes e contribuindo para o desenvolvimento humano e socioeconômico da região.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: DOLBERI SAUL C. FRANCO
Apresentador (a):CECILIA DE SÁ LAVAL
Orientador (a): DOLBERI SAUL CUBASKI FRANCO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 2 - Cultura
Título: coral do caic
Resumo: Desenvolver as habilidades musicais de rítmo,melodia ,dinâmica, afinação dentre outras. Além de também, promover a sociabilização e desenvolver a auto-confiança,o protagonismo e a responsabilidade de se colocar frente a uma platéia. São realizadas atividades lúdicas e de estudo de repertório, sendo realizado um encontro semanal de 1h e 30 min.Observamos uma evolução nos conhecimentos musicais apesar da alta rotatividade no fluxo de crianças. O coral frequentemente apresenta-se em eventos dentro e fora do Centro.Verificamos que os objetivos propostos vêm sendo contemplandos.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: MARIA TERESA ORLANDIN NUNES
Apresentador (a):MARIA TERESA ORLANDIN NUNES
Orientador (a): PAULA REGINA COSTA RIBEIRO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 4 - Educação
Título: Centro de Educação Ambiental, Ciências e Matemática - CEAMECIM
Resumo: O CEAMECIM é um Centro de Educação Ambiental, Ciências e Matemática da Fundação Universidade Federal do Rio Grande - RS. Tem uma estrutura interdepartamental na qual atuam os departamentos de Educação, Matemática e Química. Desde suas origens vinculou suas ações ao ensino, extensão e pesquisa educativa no ensino de ciências e matemática. Os objetivos do Centro estão voltados a um trabalho interdisciplinar voltado à formação inicial e continuada de professores da Educação Básica; desenvolvimento, empréstimo e uso cooperativo de recursos didáticos para apoiar os processos de ensino e aprendizagem em Educação Ambiental com foco nas áreas de Ciências e Matemática; implementação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) visando a alfabetização digital e científica; construção de Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) e a integração dos acadêmicos de Licenciaturas em Biologia, Física, Química, Matemática, Artes Visuais, Letras, Engenharia da Computação e de Biblioteconomia nas diversas atividades desenvolvidas no Centro. Os objetivos do Ceamecim se concretizam por meio de ações desenvolvidas em cinco Núcleos: Núcleo de Pesquisas em Educação Ambiental, Ciências e Matemátic,. Núcleo de Formação de Professores, Núcleo de Educação a Distancia em Ciências e Matemática, Núcleo de Recursos Didáticos, Núcleo de Eventos.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: FRANCO, DOLBERI SAUL CUBASKI; NASCIMENTO, FELIPE SOARES; BUTIERRES, GORETI COSTA.
Apresentador (a):FELIPE SOARES NASCIMENTO
Orientador (a): DOLBERI SAUL CUBASKI FRANCO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 1 - Comunicação
Título: Oficina de Arte e Reciclagem
Resumo: apresentação: Este projeto é desenvolvido de forma permanente desde o ano de 1999, durante o período letivo, atendendo a uma média de 20 estudantes das séries finais do ensino fundamental da E.M.E.F. Cidade do Rio Grande/CAIC/FURG. justificativa: O projeto justifica-se pela realidade do modelo sócio-econômico-cultural da atualidade, visto que a cultura consumista e a má distribuição dos bens produzidos pela sociedade entre as diferentes camadas da população geraram um processo insustentavel de sociedade. Sendo assim, a discução crítica acerca da geração de resíduos, sua reutilização e reciclagem faz-se preponderante para que o processo educativo tenha contribuição e aplicabilidade na vida presente, contribuindo-se para as gerações futuras. objetivo: Contribuir para a formação de cidadãos responsaveis, que tenham as suas ações pautadas pela responsabilidade de suas decisões. O processo educativo será qualificado pela experiência vivida nas oficinas de arte e reciclagem contribuindo significativamente para a aprendizagem dos estudantes envolvidos no projeto. O projeto visa: a reciclagem de conceitos, de materiais, de decisões e ações; Desenvolvimento de relações saudáveis, de convivência, respeito, solidariedade e cooperação. Promovendo o (re)conhecimento e domínio de técnicas de reciclagem, aprimorando a capacidade de aprendizagem através da interdisciplinaridade, aumentando a auto-estima dos participantes, consequentemente melhorando seu aproveitamento escolar. Metodologia: O projeto se desenvolve através de oficinas de arte e reciclagem que acontecem semanalmente na E.M.E.F. Cidade do Rio Grande/CAIC/FURG.
Bolsa: Outros

voltar

Autores: FRANCO, D; BICCA, C.
Apresentador (a):CLEIDIR EIDELWEIN BICCA
Orientador (a): DOLBERI SAUL CUBASKI FRANCO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 7 - Tecnologia
Título: O Ensino de Informatica no CAIC: Espaço de profissionalização
Resumo: Este projeto tem como objetivo proporcionar ao aluno modificar sua realidade, adquirindo melhores condições de enfrentar o mercado de trabalho ou aprimorando-se para manter-se nele, através da aquisição do conhecimento na area de informática. As aulas são ministradas para os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Cidade do Rio Grande-CAIC, sendo duas aulas semanais com duração de duas horas cada. O curso é composto de seis modulos: Introdução à Microinformatica, Windows, Word, Excel, Power Point e Internet. Apesar das dificuldades particulares, os alunos já têm o domínio do primeiro módulo e estão adquirindo abilidades e conhecimentos para o segundo módulo (word).
Bolsa: Outros

voltar

Autores: RENI ROCKENBACH E CÁSSIA MEDEIROS
Apresentador (a):RENI ROCKENBACH
Orientador (a): MÔNICA PALOMINO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Alimentação Inteligente na Comunidade
Resumo: UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA Alimentação Inteligente na Comunidade Autor: Reni Rockenbach Cássia Medeiros Acadêmica: Fernanda Moglia Pedra Acadêmica: Patrícia Passos Resumo: O projeto propicia o melhor conhecimento, através de cursos e oficinas abordando temas como: alimentação light, diet, hipossódica, aproveitamento integral dos alimentos. O objetivo é promover ações de educação alimentar assegurando um processo educativo permanente, destinado a fazer do ato de produzir, preparar o alimento e de alimentar-se uma cultura promotora de saúde, bem estar, qualidade de vida, cidadania e desenvolvimento com sustentabilidade, acreditando que para melhorar é preciso muito mais que promover a simples distribuição de alimentos, é necessário levar conhecimento à população por meio de ações educativas permanentes. O projeto propõe-se a elevar o nível de saúde e qualidade de vida da população.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: NUTª MSC VERA BORTOLINI, NUTª MSC MÔNICA PALOMINO
Apresentador (a):MONICA PALOMINO DE LOS SANTOS
Orientador (a): RENI ROCKENBACH
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Projeto de Extensão: Escola Saudável
Resumo: UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA - URCAMP CURSO DE NUTRIÇÃO Projeto de Extensão: Escola Saudável Nutª Msc Vera Bortolini Nutª Msc Monica Palomino Acadêmica Roberta Pimentel O crescimento da obesidade infantil está associado a diversos fatores, dentre eles os hábitos de consumo dos brasileiros, que passaram a comprar mais produtos calóricos, bem como o sedentarismo e a falta de informação sobre qualidade alimentar. Fatores genéticos, fisiológicos e psicológicos também são apontados como responsáveis pelo aumento de peso, porém em menor escala. A melhor medida de prevenção à obesidade infantil é a educação desde cedo. É importante ensinar a criança a alimentar-se de forma equilibrada evitando o hábito de comer alimentos ricos em gordura e açúcar e serem sedentárias. Frente à essa realidade o Projeto Escola Saudável desenvolvido pelo Curso de Nutrição-URCAMP visa promover alimentação equilibrada, através de educação nutricional e regulamentação da venda de alimentos saudáveis em Escolas Públicas e Privadas. Os métodos utilizados para atingir este fim são: Conscientizar as crianças e adolescentes para a prática de alimentação saudável através de oficinas; desenvolvendo atividades educativas dirigidas a alunos e proprietários de cantinas; promovendo a alimentação saudável junto à comunidade escolar; buscando apoio e parceria com pais, escola e proprietários de cantinas com o propósito da regulamentação na venda de alimentos saudáveis. A avaliação do projeto é realizada através de relatos das atividades devidamente registradas, considerando os seguintes indicadores: Participação, questionamentos, interesses, sugestões de troca de informações entre os participantes e sugestões de novas receitas. As ações realizadas de 2005 à agosto de 2006 foram: na Semana do Dia Mundial da Saúde nas escolas particulares (Espírito Santo, Auxiliadora, Melanie Granier, Piaget, Albert Einstein. Estadual (Félix Contreiras). Na Escola Espírito Santo também foram desenvolvidas ações em educação nutricional nas segundas séries do ensino fundamental, com objetivo de elaborar um cardápio equilibrado com referência na Pirâmide Alimentar.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar

Autores: NUTª MSC VERA BORTOLINI, MÔNICA PALOMINO E ROBERTA PIMENTEL
Apresentador (a):ROBERTA BARELA PIMENTEL
Orientador (a): MÔNICA PALOMINO
Outros Trabalhos:
Instituição: FURG
Área: 6 - Saúde
Título: Projeto de Extensão: Escola Saudável
Resumo: UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA - URCAMP CURSO DE NUTRIÇÃO Projeto de Extensão: Escola Saudável Nutª Msc Vera Bortolini Nutª Msc Monica Palomino Acadêmica Roberta Pimentel O crescimento da obesidade infantil está associado a diversos fatores, dentre eles os hábitos de consumo dos brasileiros, que passaram a comprar mais produtos calóricos, bem como o sedentarismo e a falta de informação sobre qualidade alimentar. Fatores genéticos, fisiológicos e psicológicos também são apontados como responsáveis pelo aumento de peso, porém em menor escala. A melhor medida de prevenção à obesidade infantil é a educação desde cedo. É importante ensinar a criança a alimentar-se de forma equilibrada evitando o hábito de comer alimentos ricos em gordura e açúcar e serem sedentárias. Frente à essa realidade o Projeto Escola Saudável desenvolvido pelo Curso de Nutrição-URCAMP visa promover alimentação equilibrada, através de educação nutricional e regulamentação da venda de alimentos saudáveis em Escolas Públicas e Privadas. Os métodos utilizados para atingir este fim são: Conscientizar as crianças e adolescentes para a prática de alimentação saudável através de oficinas; desenvolvendo atividades educativas dirigidas a alunos e proprietários de cantinas; promovendo a alimentação saudável junto à comunidade escolar; buscando apoio e parceria com pais, escola e proprietários de cantinas com o propósito da regulamentação na venda de alimentos saudáveis. A avaliação do projeto é realizada através de relatos das atividades devidamente registradas, considerando os seguintes indicadores: Participação, questionamentos, interesses, sugestões de troca de informações entre os participantes e sugestões de novas receitas. As ações realizadas de 2005 à agosto de 2006 foram: na Semana do Dia Mundial da Saúde nas escolas particulares (Espírito Santo, Auxiliadora, Melanie Granier, Piaget, Albert Einstein. Estadual (Félix Contreiras). Na Escola Espírito Santo também foram desenvolvidas ações em educação nutricional nas segundas séries do ensino fundamental, com objetivo de elaborar um cardápio equilibrado com referência na Pirâmide Alimentar. Também foi realizado um treinamento para proprietários de cantinas escolares com o objetivo de conscientizar os proprietários para a importância da implementação da Lei Municipal que regulamentará a venda de produtos das Cantinas Escolares.
Bolsa: Sem Bolsa

voltar