A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, PROPESP, divulga que estão abertos editais de apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico e  inovação, entre os quais destacam-se:

 

  • EDITAL FAPERGS 01/2017 AUXÍLIO RECÉM-DOUTOR – ARD

O edital de Auxílio ao Recém-Doutor (ARD) apoia jovens doutores em início de carreira em instituições de pesquisa, cuja titulação tenha sido obtida a partir de 01/03/2013, com um investimento de R$ 2 milhões para um período de execução de dois anos. O valor para cada projeto é de até R$ 20 mil. A destinação desses recursos possibilita que pesquisadores possam iniciar suas carreiras científicas e se tornarem mais competitivos e capazes de captar recursos em outras agências de fomento nacionais e internacionais.

Data limite para submissão no SigFapergs da proposta e respectivos documentos 23/06/2017 às 17h59min. 

EDITAL

Mais informações: http://www.fapergs.rs.gov.br/ 

  • EDITAL FAPERGS 02/2017 PROGRAMA PESQUISADOR GAÚCHO – PqG

O presente Edital tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem a contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do estado do Rio Grande do Sul, em qualquer área do conhecimento.

As inscrições estarão abertas até 21/06/2017. 

EDITAL

Mais informações: http://www.fapergs.rs.gov.br/ 

  • CHAMADA FAPERGS/MS/CNPq/SESRS n. 03/2017 PROGRAMA PESQUISA PARA O SUS: GESTÃO COMPARTILHADA EM SAÚDE PPSUS – 2017

O MS, por intermédio do Decit/SCTIE, vem desenvolvendo atividades de fomento descentralizado à pesquisa nas 27 Unidades da Federação (UF), por meio do PPSUS, com o propósito de contribuir para o incremento científico e tecnológico no país e para a redução das desigualdades regionais na área da saúde. O objetivo geral deste programa é apoiar financeiramente o desenvolvimento de pesquisas que visem a contribuir para resolução dos problemas prioritários de saúde em cada UF do país e para o fortalecimento da gestão do Sistema Único de Saúde (SUS). O PPSUS envolve parcerias no âmbito federal e estadual. Em nível federal participam o MS, por meio do Decit, que é o coordenador nacional do Programa, e o CNPq, que é a instituição responsável pelo gerenciamento técnico-administrativo do PPSUS em nível nacional. Na esfera estadual estão envolvidas as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAP) e as Secretarias Estaduais de Saúde (SES). Os objetivos do Programa são financiar pesquisas em temas prioritários para a saúde da população de cada UF, contribuir para a redução das desigualdades regionais no campo da ciência, tecnologia e inovação em saúde e promover a aproximação dos sistemas de saúde, ciência e tecnologia locais.

EDITAL

Mais informações: http://www.fapergs.rs.gov.br/ 

  •  Editais de projetos conjuntos de pesquisa para os programasCAPES/MATH-AmSudeCAPES/STIC-AmSud

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulga os novos editais para seleção de projetos conjuntos de pesquisa para os programasCAPES/MATH-AmSudeCAPES/STIC-AmSud. Os programas são iniciativas da cooperação francesa com Argentina, Brasil, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai e têm como objetivo fortalecer a colaboração e a criação de redes de pesquisa, no domínio da matemática (MATH) e das ciências e tecnologias da informação e da comunicação (STIC), entre sul-americanos e franceses. O prazo para submissão de propostas é até15 de maionapáginada Secretaria internacional do STIC e até31 de maiona CAPES, conforme descrito nos Editais.

Cada projeto deverá planejar suas atividades considerando a duração máxima de dois anos. A divulgação dos resultados está prevista para novembro deste ano. Poderão ser aprovados até cinco projetos de cada edital, que terão início em 2018.

O financiamento compreenderá a realização de missões de pesquisa (missões de trabalho e missões de estudos) entre os grupos participantes.

Mais informações em: http://capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/8339-lancados-novos-editais-para-cooperacao-entre-franca-e-paises-da-america-do-sul

  • Programa Capes/Cofecub

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) selecionados até 30 projetos conjuntos de pesquisa entre instituições e centros de pesquisa brasileiros e franceses, com o objetivo é estimular o intercâmbio científico entre os dois países. O início das atividades está previsto para o ano de 2018 nas diversas áreas de conhecimento .Os projetos devem ser inscritos pela internet, até o dia 23 de maio, na página do Programa Capes/Cofecub. 

A candidatura no Brasil deverá ser apresentada em português. A proposta em francês deverá ser encaminhada pela equipe francesa para Cofecub. O resultado está previsto para ser divulgado no mês de dezembro.

Seleção

Serão selecionados até 30 projetos conjuntos de pesquisa .

Cada proposta deverá conter planejamento de atividades em módulos anuais, considerando a duração máxima de financiamento dos projetos de 4 anos.

A vigência do segundo biênio do projeto está condicionada à aprovação de relatório parcial de atividades, das prestações de contas anuais, do plano de atividades atualizado para os dois últimos anos e à disponibilidade orçamentária das agências financiadoras.

Mais informações em http://www.capes.gov.br/cooperacao-internacional/franca/cofecub

·         PROGRAMA DE DOUTORADO-SANDUÍCHE NO EXTERIOR (PDSE)

 O PDSE foi instituído em 2011, em substituição ao Doutorado Sanduíche Balcão e ao Programa de Doutorado no País com Estágio no Exterior (PDEE). A alteração visou ampliar o número de cotas concedidas às Instituições de Ensino Superior (IES), e dar maior agilidade no processo de implementação das bolsas de estágio de doutorando no exterior.

Objetivo 

Apoiar a formação de recursos humanos de alto nível por meio da concessão de cotas de bolsas de doutorado sanduíche no exterior às Instituições de Ensino Superior com cursos de Doutorado reconhecidos pela Capes. O estágio no exterior deve contemplar, prioritariamente, a realização de pesquisas em áreas do conhecimento menos consolidadas no Brasil.

Mais informações: http://capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-exterior/programa-de-doutorado-sanduiche-no-exterior-pdse