Com uma visão ecossistêmica, o GEES, liderado pela professora Hedi Crecencia Heckler de Siqueira, tem por propósito estudar, viabilizar e desenvolver a produção de conhecimento técnico-científico e administrativo/gerencial em Enfermagem/Saúde, buscando a melhoria da qualidade dos serviços e ações de saúde visando ao bem-estar, à saúde, à qualidade de vida do ser humano e da coletividade e, em especial, do trabalhador em saúde, seu ambiente e o contexto do seu trabalho, às inter-relações/interconexões sócio-políticas envolvendo a assistência/cuidado e o uso racional dos recursos na saúde.

As linhas de pesquisa do grupo são a organização do trabalho da Enfermagem/Saúde na perspectiva ecossistêmica; Saúde ecossistêmica, trabalho, qualidade de vida do trabalhador e usuários do sistema de saúde com ênfase na educação.

As temáticas são a saúde em sua dimensão ampliada como produção coletiva e interdisciplinar – na perspectiva ecossistêmica; O trabalhador em Enfermagem/Saúde, o ambiente e o contexto do seu trabalho com ênfase na educação; A estrutura (forma e conteúdo) dos serviços e ações de Enfermagem/Saúde, modalidades gerenciais e suas interrelações; As inter-relações/interconexões dos serviços e ações de Enfermagem/Saúde, seu processo produtivo, as interfaces com as políticas públicas na visão ecossistêmica.

O grupo vem atuando de maneira formal desenvolvendo pesquisas com, principalmente, temáticas em relação às Instituições/organizações de Saúde, suas dificuldades/facilidades, Serviços e Ações de Saúde; questões gerenciais/administrativas relacionadas à ecologia abarcando a sustentabilidade, ações mais saudáveis e a educação, suas interconexões no contexto global, as influências ambientais, culturais e histórico-políticas, na produção da saúde  do trabalhador e do usuário dos serviços de saúde; desenvolve estudos a respeito das relações e inter-relações, parceria e cooperação das Instituições/organizações de saúde na produção da saúde, analisa a  educação e a saúde  individual e coletiva, questionando e propondo políticas capazes de contribuir para a melhoria da qualidade de vida.

O GEES realiza Seminários locais, regionais e Simpósios nacionais com a finalidade de divulgar os conhecimentos construídos; edita livros, atualmente em nº de 4, publica artigos científicos em periódicos nacionais e internacionais - num total de 30 nos últimos três anos – 2009 a 2011. A líder do GEES foi orientadora de 16 dissertações de mestrado defendidas e uma tese de doutorado e tem em andamento 4 teses de doutorado e 3 dissertações de mestrado. Além disso, orientou grande número de acadêmicos da área da saúde nos seus trabalhos de conclusão de curso.

São realizados encontros mensais do GEES com a finalidade de discutir as bases teórico-filosóficas e metodológicas que fundamentam a produção científica do grupo e, assim, busca-se conhecer as interconexões entre as pesquisas dos membros integrantes do grupo e incentivar a sociabilidade.