O grupo de pesquisa sobre a Ecologia do Zooplâncton Marinho e Estuarino, liderado pelo professor Erik Muxagata, é sediado no Laboratório de Zooplâncton do IO/FURG. Este grupo foi formado em 2009 com o intuito de continuar os estudos sobre a ecologia dos organismos zooplanctônicos tanto do estuário da Lagoa dos Patos, como nas zonas neríticas, oceânicas e Antárticas. O laboratório teve suas atividades iniciadas no final dos anos 1970 pela Dra. Mónica A. Montú com pesquisas voltadas ao papel do zooplâncton nesses ecossistemas. Devido a sua diversidade, abundância e altas taxas de crescimento, esses organismos desempenham um papel primordial tanto na transferência da produção primária fitoplanctônica para organismos de níveis tróficos superiores, quanto no bombeamento biológico, no qual o zooplâncton é um dos responsáveis pela transferência de grandes quantidades de carbono das camadas superficiais para o fundo dos oceanos. Por causa dessa importância, esse grupo de pesquisadores, juntamente com seus colaboradores, visa estudar de forma integrada a contribuição do zooplâncton nos processos de transferência de energia para os diferentes níveis tróficos, assim como, a resposta desses organismos às mudanças devido a alterações químicas, físicas, biológicas e ambientais. Nesse contexto, as seguintes linhas de pesquisa são desenvolvidas: Monitoramento contínuo do micro e mesozooplâncton em diferentes gradientes de salinidade; Produção secundária do holoplâncton e meroplâncton; Influência de parâmetros químicos, físicos, biológicos e ambientais na distribuição, composição e abundância do holo e meroplâncton; Cultivo de organismos zooplanctônicos para uso em aquicultura e bioensaios; Caracterização do processo de colonização em substratos consolidados (Bioincrustação); Testes de tolerância a antimicrobianos com o objetivo de beneficiar cultivos de organismos zooplanctônicos; Análise e processamento de dados do Continuous Plankton Recorder (CPR).

 Parcerias: Laboratório de Fitoplâncton e Microorganismos Marinhos, Laboratório de Tartarugas e Mamíferos Marinhos, Laboratório de Ecologia de Invertebrados Bentônicos, Laboratório de Ecologia do Ictioplâncton.

Figura 1. Amostragem de zooplâncton com rede Bongo.

Figura 2. Sala de microscopia e análise de amostras do Laboratório de Zooplâncton do IOFURG