O Grupo de Pesquisa Geotecnia-FURG da Escola de Engenharia da FURG, que é liderado pelos professores Cezar Augusto Burkert Bastos e Antonio Marcos de Lima Alves, encontra-se fortemente atuante. Ligado aos cursos de graduação em Engenharia Civil, Engenharia Civil Empresarial e Engenharia Civil Costeira e Portuária e ao curso de pós-graduação em Engenharia Oceânica, é composto por pesquisadores com relevante produção científica em diferentes linhas de pesquisa, como geotecnia de obras portuárias e costeiras, estudo de argilas moles, geotecnia marinha, estabilização de solos, caracterização de solos regionais, mapeamento geotécnico, geotecnia ambiental, modelagem numérica do comportamento de solos e obras geotécnicas e estudo teórico e experimental de fundações. Nesses temas de pesquisa, os pesquisadores têm orientado dissertações de mestrado em Engenharia Oceânica e alunos em iniciação científica. Os pesquisadores têm mantido um satisfatório nível de produção científica, com publicações de artigos em periódicos e em anais de eventos nas áreas de Engenharia Geotécnica e Geologia de Engenharia. Os trabalhos desenvolvidos pelo grupo demonstram repercussão no meio geotécnico nacional. Verificam-se referências aos trabalhos desenvolvidos na caracterização e determinação de propriedades da argila mole de Rio Grande, importantes nos grandes projetos de Engenharia envolvidos na construção do Superporto do Rio Grande. Os trabalhos em mapeamento geotécnico e também a pesquisa aplicada ao emprego de solos estabilizados a base de areia-cinza-cal em pavimentação e reforço de fundações também ganham divulgação. Como outra importante atividade desenvolvida pelo Grupo, vale destacar os trabalhos de consultoria realizados em diferentes obras geotécnicas na região. O Grupo participa nos projetos, na fiscalização e no controle tecnológico de importantes obras portuárias e costeiras nas áreas de pavimentação, fundações, controle tecnológico de solos naturais e estabilizados, ensaios de campo e laboratório.

As linhas de pesquisa do grupo são caracterização de solos regionais, estabilização de solos, estudo de técnicas de cravação de estacas com emprego de jato d´água, estudo do comportamento geotécnico das argilas moles de Rio Grande, estudo experimental e numérico do comportamento de fundações tracionadas, geotecnia ambiental, geotecnia de obras portuárias e costeiras, geotecnia de resíduos de dragagem e de depósitos naturais de lama, geotecnia marinha, mapeamento geotécnico, materiais alternativos para pavimentação, métodos dinâmicos aplicados ao projeto e análise de fundações profundas, métodos estatísticos aplicados à análise de fundações profundas, e modelagem numérica do comportamento de solos e de obras geotécnicas.

 

Figura 1: Estudo do comportamento geotécnico das argilas moles em obras portuárias