O Laboratório de Estudos em Neurociências (LabNeuro) foi criado em 2006 e tem como líder a Profa. Dra. Daniela Martí Barros e vice-líder a Profa. Dra. Ana Paula Horn, as quais são docentes do Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas – Fisiologia Animal Comparada. 

Nesse grupo, são desenvolvidas atividades nas seguintes linhas de pesquisa: Neuropsicofarmacologia: o objetivo geral é investigar a ação de substâncias com atividade no sistema nervoso central; avaliar o desempenho da memória em diferentes modelos animais como roedores e zebrafish, utilizando tarefas comportamentais, como medo condicionado contextual, esquiva inibitória, labirinto aquático de Morris, campo aberto, labirinto em cruz elevado, reconhecimento de objetos, entre outras, além de correlacionar achados bioquímicos, moleculares e mecanismos de transdução de sinais envolvidos na performance comportamental; Neurotoxicologia de nanomateriais: essa linha objetiva estudar os efeitos de diferentes  nanomateriais no sistema nervoso central,  correlacionando os achados em níveis  histológico, celular e molecular com toxicidade causada pelos mesmos; Investigação de estratégias neuroprotetoras para a hemorragia intracerebral: tem como objetivo geral estudar o mecanismo envolvido na morte celular induzida pela hemorragia intracerebral, utilizando para isso a metodologia de injeção estereotáxica de colagenase, bem como estudar o possível efeito neuroprotetor e o mecanismo molecular de compostos de origem vegetal, entre outras substâncias; Investigação de compostos com atividade antitumoral em glioblastoma multiforme: tem como objetivo geral estudar o efeito de compostos com atividade antitumoral em cultura celular de gliomas, bem como estudar o mecanismo molecular através do qual essas moléculas exercem seu efeito.

Além das linhas de pesquisa acima apresentadas, o LabNeuro desenvolve atividades de divulgação científica em parceria com o Grupo de Pesquisa em Neurociências e Educação (GPNED), como o NEUROEDUCA: neurociências ao alcance de todos cujo objetivo principal é propiciar à população em geral maior aproximação dos conhecimentos da neurociência com as atividades do cotidiano.