O Núcleo de Pesquisa em Microbiologia Médica (NUPEMM) desenvolve atividades de ensino, pesquisa, inovação e desenvolvimento tecnológico em diferentes áreas da Microbiologia Médica. Na área da pesquisa são desenvolvidos projetos que tem como objetivo ampliar o conhecimento nas temáticas de mecanismos de resistência aos antimicrobianos, epidemiologia molecular, fitness bacteriano, fatores de virulência e patogenicidade de agentes causadores da tuberculose e outras micobacterioses, infecções do trato urinário, infecções hospitalares e infecção com o Helicobacter pylori. Em inovação e desenvolvimento tecnológico é realizada a produção e caracterização de compostos bioativos de origem natural e sintéticas com potencial atividade biológica, in vitro, in silico, ex vivo e in vivo. Desta forma, através de ensaios biológicos celulares e moleculares avalia a bioprospecção de novos compostos terapêuticos com ênfase na atividade frente a microrganismos patogênicos, células tumorais e ensaios utilizando microrganismos intracelulares. Além disso, o NUPEMM desenvolve projetos que visam criar novas plataformas diagnósticas para doenças infecciosas em geral e em particular para o diagnóstico precoce da tuberculose e outras micobacterioses.

A equipe de pesquisadores é formada pelos docentes doutores Pedro Eduardo Almeida da Silva (coordenador), Andrea von Groll (coordenadora adjunta), Daniela Fernandes Ramos e Ivy Bastos Ramis. Todos atuam no Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde, na Especialização em Agentes Infecto-parasitários de Interesse Humano e nos cursos de graduação da Medicina, Enfermagem e Ciências Biológicas. Complementam a equipe as docentes Carla Gonçalves Vitola (Epidemiologia), Karina

Machado (Bioinformática), duas pós doutorandas, dois técnicos de laboratório, sete doutorandos, quatro mestrandos e sete alunos de iniciação científica.

O NUPEMM tem se destacado internacionalmente por suas pesquisas com tuberculose e outras micobacterioses. Os docentes do núcleo tem participação ativa na Rede Brasileira de Tuberculose (REDE TB) e Socied Latinoamerina de tuberculosis y otras micobacyeriosis (SLAMTB). Desde 2011 o NUPEMM é responsável pelo diagnóstico laboratorial da TB para pacientes atendidos no Hospital Universitário da FURG (HU-FURG) o qual é referência no atendimento de Pacientes Vivendo com HIV/AIDS e mais recentemente para a Penitenciária Estadual de Rio Grande (PERG). O diagnóstico é realizado com tecnologias avançadas, como o método molecular GeneXpert MTB/RIF e o sistema de cultivo BD Bactec MGIT 320. Desta forma o laboratório tem participado de estudos multicêntricos para o desenvolvimento, implementação e avalição do impacto de novos métodos diagnósticos e de determinação de resistência. Através da genotipagem e epidemiologia molecular dos isolados clínicos de Mycobacterium tuberculosis, o NUPEMM tem contribuído para compreender a disseminação do bacilo da TB tanto regionalmente como para a formação de uma base de dados entre a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (http://cplp-tb.ff.ulisboa.pt/). Outros relevantes estudos são a contribuição para elucidar o mecanismo de efluxo em micobactérias e a busca de potenciais inibidores deste mecanismo de resistência e o conhecimento da evolução da resistência através do sequenciamento de genoma total de isolados clínicos de M. tuberculosis em casos de recorrências no mesmo paciente.

Desde 1994, foram publicados 123 artigos em periódicos internacionais, 08capítulos de livros e realizado 04 depósitos de patentes. Estes estudos são desenvolvidos em cooperações nacionais e internacionais, tendo parcerias com instituições: Universidade Nova de Lisboa, Universidade de Lisboa, Universidade Central da Flórida, Universidade de Zaragoza, Instituto de Medicina Tropical da Antuérpia, Universidade de Gent, Universidade Católica de Louvain. No Brasil, com UFPEL, UFSM, ULBRA, UFRGS, UFRJ, UFMG, UNISC, CDCT-Secretaria Estadual da Saúde, INPA em Manaus.

Infraestrutura (Figura 1): o NUPEMM desenvolve suas atividades nos laboratórios de Micobactérias, de Microbiologia Médica e de Desenvolvimento de Novos Fármacos e nos laboratórios multiusuários de Biologia Molecular e de Biologia Celular, todos localizados na Área interdisciplinar de Ciências Biomédicas da Faculdade de Medicina. Entre os equipamentos adquiridos por projetos de pesquisa e pelo programa CNPq - Pró-equipamentos, destacam-se: PCR em tempo Real, NANOVUE para quantificação de DNA, fluorímetro de placa, estufa de CO2, microscópio invertido, microscópio de imunofluorescência Iled, centrífugas refrigeradas, termocicladores com gradiente de temperatura, ultrassonicador, conjunto de extração Soxhlet e Clevenger completo, pHmetro, colunas cromatográficas e equipamentos necessários para a bioprospecção de compostos antimicrobianos bioativos.

 Figura 1: Infraestrutura de laboratórios e equipamentos – NUPEMM.

Saiba mais aqui.