O presente grupo tem pesquisado e desenvolvido uma série de técnicas para o cultivo de crustáceos no extremo Sul do Brasil. As pesquisas tem sido elaboradas na Estação Marinha de Aquacultura (EMA) da Universidade Federal do Rio Grande, sendo esta um laboratório que conta estruturas e equipamentos para maturação, desova, larvicultura, berçário e engorda para crustáceos. Além disso, a EMA conta com laboratórios de pesquisas, salas de aula, salas de permanência e todo infra-estruturas para realização de trabalhos científicos. Os objetivos básicos dos trabalhos que tem sido realizados buscam o desenvolvimento das atividades de cultivo de crustáceos na região. Os objetivos justificam-se principalmente devido a necessidade de criação de alternativas para a comunidade de pescadores artesanais da região, a qual é composta por aproximadamente 25 mil pessoas. Varios trabalhos científicos foram realizados, elaborando-se um pacote tecnológico básico para a reprodução.

Wilson Francisco Britto Wasielesky Junior & Luís Henrique da Silva Poersch

(53) 32368131
(53) 32368042
manow@mikrus.com.br